Do Band a Harvard: Tênis em Harvard

Publicado em 10/09/19

Sejam bem-vindos de volta ao blog do Band a Harvard.

Depois de muitos meses de frio e meses de muito calor, agora está chegando a época do ano que mais gosto (o outono) para praticar uma das minhas paixões: o tênis

Desde criança sempre gostei de jogar tênis com o meu pai. Quando entrei na faculdade de medicina da USP resolvi levar a sério o esporte e começar a treinar todo dia. O esporte deixou de ser um simples hobby e se tornou algo muito importante para mim.

Logo no começo do ano ao chegar em Harvard estava muito decepcionado porque não estava conseguindo jogar tênis. Não conhecia ninguém para jogar comigo e a maioria das quadras eram descobertas, ou seja, impossível de jogar a -20C e nevando. Foi então que decidi fazer o teste para entrar na equipe oficial de Harvard.

Complexo esportivo de Harvard, onde se localizam as quadras de tênis

No dia do teste, eu estava muito preocupado porque já estava há alguns meses sem conseguir jogar tênis direito e com receio de não ser aceito para a equipe. Lembro muito bem desse dia. Estava muito frio, chovendo, fiquei decepcionado com o meu desempenho durante o teste e, para completar, minha bike quebrou no caminho de volta para casa. Foi um desastre! Para a minha surpresa, após uma péssima noite sem dormir, acordo com um email dizendo que fui aprovado e agora era um membro oficial da equipe de tênis de Harvard.

Quadras de tênis cobertas

A partir de então comecei a treinar semanalmente com a equipe e tive a oportunidade de conhecer pessoas de diversos cursos. Está sendo incrível viver o dia a dia de um aluno de Harvard. Além dos treinos semanais da equipe, há também a possibilidade de treinar em outros horários e outras quadras com pessoas que conheci aqui em Boston.

bolinha de Harvard

Um desses lugares é o alojamento dos alunos de medicina, conhecido como Vanderbilt, que tem uma quadra de tênis que fica aberta para os estudantes. Apesar de não ser coberta nem iluminada, fica muito perto do meu laboratório, o que permite ir treinar quase que diariamente. Foi nessa quadra que conheci grandes amigos esse ano. É um ambiente ótimo para criar laços de amizade, uma vez que as pessoas são muito abertas.

Vanderbilt – Quadras de tênis

O tênis se tornou algo muito mais do que um simples esporte para mim. É uma grande paixão. E são essas paixões que nos dão energia no dia a dia para continuar se esforçando e não desistir dos sonhos.

Até a próxima semana,

Leonardo Pipek

Os alunos formados no Band em 2014, Giovanna Pedreira e Leonardo Pipek, estão tendo uma oportunidade única! Em um programa de intercâmbio da Faculdade de Medicina da USP e da Harvard University, os dois passarão um ano estudando em Boston. Confira o Blog dos estudantes que será atualizado toda semana!

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!