BandBeSafe: ética e cidadania digital

Publicado em 27/05/19

Com o passar dos tempos, o Band sempre foi protagonista no uso de tecnologia na educação. Nos últimos 6 anos, não foi diferente, com o movimento da cultura digital nas escolas: os tablets em sala de aula e a rede wifi de qualidade que abrange todo o Colégio.

​​
Junto da empresa Nethics, as Diretorias de Tecnologia e Convivência produziram uma cartilha de recomendações e boas práticas para o uso seguro das redes sociais para colaboradores do Band. A ideia é manter, com eles, uma capacitação constante e discutir também questões de ética e cidadania digital. Não é a primeira vez que esse projeto acontece na escola, segundo o Diretor de Tecnologia Educacional do Band, Emerson Bento Pereira. “Essas iniciativas já existem há 10 anos. Nós revisitamos, ampliamos e reformulamos o programa deste ano com uma nova abordagem, considerando um mundo que se torna cada vez mais digital”, contou.


​​Os alunos convivem com a internet e as redes sociais todos os dias. É importante que o professor se prepare para lidar com questões relacionada a ética e cidania digital, pois, a qualquer momento, pode ser deparar com situações em que será necessário orientar os alunos. Para a Coordenadora de Tecnologia Educacional, Silvia Vampré, a cartilha enviada por e-mail serve de material de suporte ao profissional. Ocorrerão também algumas palestras para o diálogo entre eles. “A nossa ideia é continuar produzindo as cartilhas com outros temas. Em um futuro próximo, pretendemos encaminhá-las para os pais também, para que eles tenham conhecimento do trabalho produzido aqui dentro. ”, disse Silvia.

​​
A convidada para abrir o ciclo de palestras foi Martha Gabriel, uma das principais pensadoras digitais no Brasil. A autora de best sellers, como “Marketing na Era Digital” e “Educ@r: a (r)evolução digital na educação”, veio ao Band falar sobre a conscientização necessária em relação às redes sociais. Para Martha, é preciso entender a tecnologia e como estamos utilizando-a, pois todos são seres digitais. A escritora também ressaltou que as plataformas podem ser usadas de forma didática em sala de aula, basta entender e utilizar as ferramentas específicas de cada uma.

​“Esse ano queremos dialogar com os professores sobre as redes sociais, que são um importante instrumento de expressão do jovem. ”, conclui Emerson.

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de #digiBand