De São Francisco a San Diego: o Band na Califórnia

Publicado em 13/08/19

Em plenas férias de julho, alunos da 1.a e 2.a série do Ensino Médio embarcaram numa experiência única: uma viagem à Califórnia para conhecer algumas das melhores universidades americanas, empresas de tecnologia e startups. Foram duas semanas nas quais, junto do professor Língua Inglesa, Alexandre Rosa, e de Catarine Nunes, da Coordenadoria de Relações Institucionais, Cultural e Marketing, puderam se divertir, descobrir diferentes culturas e se inspirar pela possibilidade de estudar fora. Foram 3 cidades, 9 universidades e muitas memórias.


O ponto de partida foi São Francisco, onde os alunos puderam conhecer o campus da Stanford University, uma das universidades mais renomadas dos Estados Unidos. Além disso, os estudantes ainda passaram por instituições diferentes com novas possibilidades como a Minerva School at KGI, onde as aulas são pela internet e o aluno pode morar cada semestre em uma cidade do mundo como Berlim, Seoul, Londres, Buenos Aires, Taipei, San Francisco e Hyderabad, e as Community Colleges, Foothill College e a De Anza College. No início de 1970, Steve Jobs estudou na De Anza College e os alunos do Band tiveram a oportunidade de conhecer o prédio em que ele lançou o primeiro MacBook em 1984.

Ainda em São Francisco, os alunos se aventuraram pelo Vale do Silício, conhecendo a sede do Google e visitaram os vários pontos turísticos da cidade como a Golden Gate Bridge, a Lombard Street e a ilha de Alcatraz, entre outros.


“Eu me diverti muito e sinto que absorvi bastante coisa para melhorar meus estudos nos próximos anos do ensino médio porque agora tenho um parâmetro do que quero. Tenho um caminho a seguir que não existiria se eu não tivesse ido na viagem que o Band oferece. Eu recomendo essa experiência a todos que possuem a vontade de estudar fora do Brasil e que tenham a oportunidade de embarcar nessa jornada de conhecimento. ”, contou a aluna da 2.a série do Ensino Médio Amy Tang.

​Seguindo para Los Angeles, o grupo visitou a University of California Los Angeles, University of California Irvine e a University of Southtern California, onde a beleza do campus foi um ponto alto entre os atrativos da visita . Além disso, os alunos participaram de um curso de um dia sobre empreendedorismo e inovação na California Polytechnic State University. Pela cidade, conheceram a calçada da fama, o bairro de Beverly Hills, os estúdios da Universal, o parque de diversão 6 flags e assistiram a um jogo de baseball.

O Professor de Língua Inglesa, Alexandre Rosa, comentou que a chefe do departamento de línguas da California Polytechnic State University elogiou o nível de inglês dos alunos durante a apresentação realizada por eles ao final do curso. “Ela ficou impressionada com a desenvoltura e com a facilidade com a qual eles falavam a língua e expunham o conteúdo. ”

Já em San Diego, última parada da viagem, foi o momento de visitar a “High Tech High School”, escola que trabalha totalmente com os conceitos de STEAM. Lá, participaram de uma aula em que construíram e lançaram foguetes.

“Quando construímos, não um, mas dois foguetes no colégio High Tech High School, eu me surpreendi demais. Além disso, aprendi muito sobre o sistema de educação norte americano e os meios que existem para realizar esse sonho. Além de conhecimento, com a viagem, ganhei várias novas amizades, mas perdi boa parte da minha voz com gritos nas montanhas russas do 6 flags.”, completou Pedro Paes, aluno da 2.a série do Ensino Médio.

Durante as visitas às universidades, os alunos tiveram contato com estudantes, profissionais responsáveis pelas admissões e, principalmente, com o ambiente de cada uma delas. Muitas dúvidas foram tiradas com os representantes das instituições a respeito de custos, cursos e dicas para ser selecionado.

“Nos passeios culturais, como o City Tour em São Francisco, o musical em San Diego e as praias da costa, os alunos puderam criar grandes laços de amizade. Acompanhar essa interação entre eles foi muito legal, porque alguns não se conheciam muito bem. Essa vivência muda as relações para melhor e é realmente um marco para muitos deles. ”, concluiu Catarine Nunes, da Coordenadoria de Relações Institucionais, Cultural e Marketing,

Confira a galeria de imagens clicando aqui.

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Vida Cultural

School of Rock

Publicado em 23/08/19