Há em mim uma inconstante melodia

Publicado em 29/04/13

Há em mim uma inconstante melodia,
Que faz, no peito, disparar tambor,
Esbanjar, no semblante, a alegria,
E, que, quando não presente, a dor.

Música cuja letra é sem sentido.
Ora alegre e certa, ritmo verdadeiro,
Ora fogo e calor, pura libido,
Ora até faz coração sem paradeiro.

Notas confusas e harmoniosas,
Simples partituras de amor e dor,
Tão sedutoras, porém perigosas.

Há em mim um ensurdecedor tambor,
Cujas batidas soam tão prazerosas.
Será que és tu, Oh tão famoso Amor?

Marina Rosalino Gomes, 3B1

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!