Liga de Empreendedorismo LEBand: confira os detalhes

Publicado em 08/06/21

A LEBand (Liga de Empreendedorismo do Colégio Bandeirantes) é um projeto idealizado por Arthur Obeid, Leonardo Mantegazza e Pedro Araújo, alunos da 3.a série, acompanhado pelo coordenador de Ciências da Natureza e Química, Ricardo Almeida, e pelo professor de Química Franco Ramunno. A iniciativa vem com o objetivo de estimular a vocação empreendedora e o estudo e discussão a respeito do tema por parte de alunos do Ensino Médio do Colégio. 

“O projeto surgiu de uma paixão que nós compartilhamos: o empreendedorismo e o mundo dos negócios. Nós imaginamos que muitos outros alunos do Colégio também devem se interessar por esse assunto tão relevante, então pensamos em elaborar um projeto que estimule a mentalidade empreendedora dentro do Band. Acho interessante mencionar que é muito gratificante e especial ter essa oportunidade de realizar um projeto dentro do Colégio e compartilhar nossa paixão com outros alunos. Estamos muito ansiosos para começarmos e com a expectativa a mil!”, comenta o aluno Arthur Obeid.

Leonardo Mantegazza, que também participou da criação do projeto, fala sobre uma parceria muito importante que foi firmada: “Com o auxílio do Coordenador Ricardo Almeida e do professor Franco Ramunno, realizamos toda a estruturação da Liga. Foi por um conselho deles que conseguimos firmar uma parceria com a LEPoli (a Liga de Empreendedorismo da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo). Após a reunião com a administração da LEPoli, mediada por Vinícius Esteves, aluno formado no Band e atual estudante de lá, nos sentimos muito inspirados para adaptar a Liga ao ambiente escolar e tirá-la oficialmente do papel.”. 

Foi firmada, assim, uma parceria entre as duas instituições, LEBand e LEPoli. “Com o essencial suporte e com a experiência da LEPoli, estruturamos o projeto para que ele seja voltado a metodologias ativas, onde o aluno é o protagonista. Nós, fundadores e coordenadores do primeiro módulo da LEBand, seremos responsáveis por providenciar aos alunos o suporte teórico necessário, credibilizado pela LEPoli, e serviremos de orientadores das diversas dinâmicas oferecidas ao longo do curso, para que o aluno tire o máximo de proveito delas. Vale ressaltar, também, que as aulas e dinâmicas serão todas elaboradas com a supervisão da LEPoli”, explica Leonardo.

Sobre os princípios da Liga, Pedro Araújo comenta: “Estamos nos baseando em 2 princípios. O primeiro é o fato de que o Empreendedorismo está ganhando muito espaço no cenário brasileiro, o que nos faz acreditar que é necessário um incentivo aos alunos, principalmente aqueles que estão mais próximos de decidir quais serão suas carreiras. O segundo é sobre entender que características como oratória, pensamento crítico, criatividade, capacidade de solução de problemas, entre outras, todas necessárias num contexto empreendedor, estão sendo cada vez mais requisitadas no mercado de trabalho, independente da profissão, e acreditamos que seja essencial trabalhá-las desde o Ensino Médio.”. 

“Quanto ao legado que queremos deixar no Colégio: um projeto inovador, que tenha um caráter muito mais prático do que teórico, sendo toda sua trajetória construída pelos alunos que, se engajados, farão parte do que esperamos ser um dos maiores projetos do Band.”, conclui Pedro. 

Será realizada uma palestra de abertura via Zoom, no dia 09/06, às 17h00, trazendo um nome forte do meio empreendedor no Brasil. Alvaro Schocair, fundador da Link School of Business, Tarpon Investimentos e ChemHunter, é um dos principais nomes na busca por levar o meio dos negócios à parcela jovem da sociedade do país, conceito similar ao do projeto da LEBand. O objetivo é apresentar de fato o projeto e abrir as inscrições para o processo seletivo que ocorrerá no segundo semestre.

Ricardo Almeida, coordenador de Ciências da Natureza e Química, comenta sobre o funcionamento da Liga: “Com a crescente valorização do pensamento crítico e raciocínio lógico no mercado de trabalho, juntamente com a liberdade de criação advinda da globalização, a vocação empreendedora ganhou papel acadêmico e profissional ainda mais importante na sociedade. Esse projeto busca estimular a vocação empreendedora por parte de alunos do Ensino Médio, além de tratar do processo de criação de um negócio e seu desenvolvimento.”.

O curso este ano será oferecido a 24 alunos do Ensino Médio do Colégio. Após essa palestra inicial, as aulas, cujo ensino será baseado em metodologias ativas, serão divididas em cinco módulos representados por pilares e perguntas motivadoras. Cada um destes módulos contará com uma aula teórica e uma prática, ou palestra. O link estará disponível no próprio Instagram da Liga, que poderá ser acessado clicando aqui.

Temas relacionados:
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de O aluno Band

SHARE: crochê com Marina

Publicado em 21/07/21

7.a edição do Beinprosone!

Publicado em 29/06/21