Festival STEAM 2019: uma celebração dos trabalhos realizados

Publicado em 11/10/19

Mais uma vez, os alunos da 2.a série do Ensino Médio foram convidados a apresentar seus trabalhos no Festival STEAM. Os estudantes tiveram a experiência de um verdadeiro evento cientifico, como celebração dos projetos que eles produziram ao longo do ano na temática da exploração espacial. Foram 112 trabalhos expostos para toda Comunidade Band.

 


Em formato de congresso, o evento faz com que os alunos realmente vivam a Ciência. Além de levantarem a hipótese, realizarem o experimento e coletarem dados, eles ainda desenvolvem relatórios e apresentam seus artigos e pôsteres durante o dia. O trabalho feito ao longo de um ano é exposto e todo o esforço para se chegar até lá é valorizado. “Eles produzem de tudo nesse ano. A exploração espacial também ajuda nas pesquisas para aplicações na terra. Tentamos pensar em soluções para melhorar e desenvolver coisas aqui também.”, contou Renato Villar, professor de STEAM, STEM e Física.


Os trabalhos foram muito elogiados pelos colegas, familiares e colaboradores do Band presentes. A qualidade tanto dos projetos quanto das apresentações foi altíssima e muito interessante para os convidados. “O nível de organização e preparação do evento esse ano foi espetacular. O feedback foi muito positivo e todos estavam bem empolgados, amando o festival.”, ressaltou  Mariana Marangoni, professora de STEAM e orientadora de alguns trabalhos apresentados.


“O Festival STEAM foi uma experiência inesquecível para todos os integrantes do meu grupo. Ele proporcionou um ambiente de apresentação de ideias e trabalhos muito diferentes e interessantes, que estimula um pensamento criativo. O processo de preparação contribuiu demais para o desenvolvimento de habilidades relacionadas a trabalhos em grupo, elaboração de estudos científicos, espírito de liderança e apresentação oral. Eu me senti um cientista de verdade, fazendo e apresentando meu trabalho ao público. Parecia uma conferência profissional de ciência, essa vivência foi incrível. Tenho que admitir que não pensei que esse processo fosse tão trabalhoso e tão cheio de detalhes, mas, no final, todo o trabalho valeu muito a pena.”, declarou Gabriel Garcia, aluno da 2.a série do Ensino Médio.

Além do evento, foi feito um concurso com os estudantes sobre a identidade visual de todos os componentes do festival. A aluna da 2.a série, Thais Bueno, ganhou a competição e o seu logo foi estampado no convite, nos pôsteres e nos banners de todo o congresso. Todos os participantes do concurso foram presenteados com um quadro de suas criações vetorizadas. E, para agregar ainda mais na experiência do congresso, na entrada do Colégio e no pátio, foram expostas algumas obras de artes trazidas pelo Coordenador de Arte, Filosofia e Sociologia, Régis Lima.


“Os projetos expostos estavam excelentes. O rigor científico e processo que os alunos se envolveram foi perfeito. Muitos enxergaram que o trabalho é recompensado no fim e que existiu todo um caminho, de quase um ano, para que eles pudessem chegar lá. O STEAM está cada ano mais consolidado, fazendo parte da cultura do Band e isso tem muito valor.”, concluiu Alexandre Magno, Coordenador de Física e avaliador de alguns trabalhos no dia.

Confira a galeria de imagens clicando aqui.

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Institucional