Oficina de Fotografia: caras, cores e expressões

Publicado em 18/12/20

Para encerrar com chave de ouro o ano acadêmico da Oficina de Fotografia, o aluno Arthur Lima Martins comenta sobre sua coleção de imagens “Caras e Cores”: “Nas aulas da Oficina, aprendemos muito, nos divertimos e temos diferentes emoções, mas também muita consideração. Nas aulas, não importa sua cara ou sua cor, a Oficina de Fotografia reúne diferentes gostos, cores e etnias.”.


“Na minha produção de fotos, retratei o arco-íris como feixes de luz que batem no vidro. As cores estão bem organizadas e uma não incomoda a outra, as cores se aceitam, se organizam, brincam de correr lado a lado, como no arco-íris. Minhas fotos retratam essa brincadeira”, destaca Arthur.


A aluna Stephanie Ciccone fala sobre sobre cliques: “De acordo com o dicionário, conjunto é aquilo que ocorre ao mesmo tempo, concomitante. Somado, unido, situado em local próximo ao adjacente. Os conjuntos contêm vários objetos organizados, geralmente sequenciados de acordo com uma lógica criada.Eles expressam sentimentos, como a pressão e relaxamento, ou a expressão, como prefiro pensar. Aqui, o prefixo ‘ex’ significa aquilo que já não é, que deixou de ser. Em minha produção de imagens, utilizei conjuntos que estão à minha volta para expressar esses sentimentos.”.


“Minha escrivaninha está organizada com objetos de trabalho que utilizo para fazer minhas tarefas. Quando eu trabalho, tenho prazos, uma agenda bem apertada. Olho para fora da janela, localizada ao lado da minha mesa. Vejo o horizonte em seu esplendor, convidando meu olhar a sair dos prazos apertados e ir para longe, para a liberdade. Quando estamos pressionados, sentimos que dentro de nós as coisas estão desorganizadas, nossos sentimentos e dúvidas ficam muito presentes. Quando a pressão se alivia, entro em contato com os meus sentimentos, o que gera a sensação de organização interna”, afirma.

“Minhas referências para pressão são o excesso de trabalho, prazos apertados, estresse, a cabeça focada em muitas tarefas ao mesmo tempo e a necessidade de organizar tudo. Já a expressão é o relaxamento, fazer coisas que tenho prazer em fazer, jogar cartas, ler livros e ver séries. Quando estou na expressão, as coisas podem ficar fora do lugar sem me incomodar, me sentindo bem, sem tentar controlar tudo”, finaliza. 

Temas relacionados:
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!