O Despertar da Primavera

Publicado em 08/04/10

19_MHG_rshow_despertar3
Um espetáculo de jovens e para jovens. O musical “O Despertar da Primavera” (ou “Spring Awakening”), do alemão Frank Wedekind (1864-1918) chega a São Paulo sob a direção da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho, responsável por sucessos como “Avenida Q” (2009) e “A Noviça Rebelde” (2008/2009).

Imagem12O texto de Wedekind foi censurado por vezes no início do século XX, por tecer críticas à forma como a sociedade europeia reprimia o jovem. Ganhando notoriedade com a liberalização da dos costumes no Ocidente, a peça chegou à Broadway em 2006, sendo considerada a melhor daquele ano nos Estados Unidos. O tema do espetáculo é a descoberta da sexualidade e todas as suas implicações por parte de adolescentes que vivem numa sociedade moralmente rígida, tal qual a alemã no século XIX. Densa, a montagem não é uma simples réplica da exibida nos EUA e ganha preciosidade pelo elemento musical, assinado por Duncan Sheik e Steven Slater.

18_mvg_primaveraNa hora em que cantam, os personagens se transformam em verdadeiros astros do rock, com microfones nas mãos. Segundo Charles Möeller, na versão brasileira, “as canções atuam como as projeções do pensamento dos adolescentes, tudo acontece apenas na cabeça deles. Não é o que eles estão vivendo, mas o que gostariam de expressar”.

O elenco é composto predominantemente por jovens entre 16 e 25 anos. Pierre Baitelli, o Escobar da minissérie “Capitu”, interpreta Melchior Gabor.

Alunos do Ensino Médio podem adquirir ingressos para a apresentação do dia 23 de abril, no Departamento Cultural, até o dia 16

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Cultural