Esporte que ajuda

Publicado em 18/05/12

O Esporte Solidário já é uma tradição do Colégio Bandeirantes: sempre apoia uma ONG. Este ano, a instituição parceira foi o projeto Vidas, idealizado e coordenado pela professora Patricia Goloni. Mais de 300 pessoas compareceram ao evento esportivo, juntamente com o time titular e reserva de futsal do Corinthians e o grupo de patinadoras do Clube Ipê.

Públicos de idade e interesse diverso, e atrações únicas marcaram o evento em 2012. Merecem destaque a apresentação de patinação das meninas do clube Ipê e os jogadores titulares do Corinthians, que enfrentaram os reservas, em um jogo exclusivo, permitindo que as crianças vivenciassem um jogo profissional de futsal. O Corinthians também sorteou uma camiseta, que foi toda assinada pelos jogadores. Para finalizar, uma grande partida de futsal reuniu todos para muitas risadas e diversão.

Organizado pelo grupo de Educação Física, o Esporte Solidário tem como objetivo estimular doações. “Esse ano batemos o recorde! Enchemos 13 caixas grandes com fraldas e leite em pó. Também conseguimos vender várias rifas para sortear a camisa do Corinthians. É muito bom ter esse sentimento de solidariedade”, resumiu o professor de Educação Física Paulo Godoi.

A ONG Vidas foi escolhida por seu trabalho exemplar aproximando o esporte e a recreação de crianças com deficiência. Criado em 2010 pela professora Patricia Goloni, o projeto cresceu muito nesses anos, principalmente com o apoio da comunidade do Band. “O meu maior orgulho é ver que as pessoas confiam na gente, e querem ajudar. Isso é uma honra para todos do projeto. Ver tantas pessoas no ginásio do Band ajudando aquelas crianças, é muito bonito. Eles poderiam estar em qualquer outro lugar, fazendo tantas outras coisas, mas preferiram ficar com a gente”, disse Goloni.

Temas relacionados: , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Educação Física e Esporte

Continua, o futsal dos 3.os

Publicado em 24/05/19

SOLIDARIEDADE

Publicado em 22/05/19