STEAM: Mostra BandHaus

Publicado em 15/10/20

Na disciplina de STEAM da 1.a série, ocorreu a Mostra BandHaus, uma apresentação de diversas maquetes inspiradas no modelo da escola Bauhaus, que surgiu na Alemanha e foi precursora do movimento modernista. Já é o segundo ano em que a escola, que abrange as áreas de arte, design e arquitetura, é trabalhada com os alunos em STEAM e os resultados foram muito surpreendentes.


A coordenadora de Ciências, STEAM e STEM, Mariana Lorenzin, conta que os alunos já vinham estudando o movimento Bauhaus desde o primeiro bimestre. No entanto, devido à pandemia, os projetos foram interrompidos. “Os alunos já tinham o repertório conceitual, a compreensão das cores e imagens e o manuseio de algumas ferramentas. Mas, logo que a execução dos projetos iria começar, tivemos a quarentena. Agora, no terceiro bimestre, resolvemos retomar os projetos, adaptado ao formato on-line”, explica.


Os alunos se organizaram em grupos e tiveram encontros síncronos de orientação. Eles fizeram um trabalho de fabricação digital que envolveu a elaboração de uma maquete com as dimensões específicas. “Eles tinham de criar um ambiente inspirado na Escola Bauhaus, utilizando-se de técnicas de escala e muitos estudos de planificação e geometria”, comenta Mariana.


Sobre o projeto, Mariana conta que cada grupo recebeu um edital: “Eles precisavam fazer um ambiente aplicando os conceitos de escala, os elementos da escola Bauhaus e um dos conteúdos sobre cor e imagem trabalhados ao longo do bimestre. Além disso, cada aluno produziu pelo menos uma peça que iria compor a maquete e um deles ficou responsável por fazer a montagem física, sendo os outros responsáveis por fazer o PowerPoint de apresentação, produzir o vídeo, entre outros. Todos tiveram tarefas importantes.”.


Mariana afirma, ainda, que os resultados foram uma vitória: “Nós não queríamos interromper a execução dos projetos, então a retomada nesse bimestre teve um significado muito grande. Os resultados foram muito felizes, foi muito bom ver cada um trabalhando para tirar os projetos do papel”.


Thais Costella, professora de STEAM e do Bandforense, também fala suas impressões sobre os projetos, que foram muito positivas. “A Mostra Bandhaus é um reflexo prático do trabalho teórico que os alunos tiveram sobre a escola, envolvendo cor, luz, escalas e conhecimentos aquitetônicos. O desafio da elaboração à distância foi muito grande e a 1.a série encarou isso de forma muito legal. A comunicação e dedicação que eles tiveram é visível nos projetos”.


Ela comenta, ainda, que os ambientes escolhidos tinham um conceito muito alinhado com o momento que estamos vivendo: “Tivemos muitos quartos, com a justificativa de que é um local onde os alunos estão passando muito mais tempo. Também tivemos restaurantes e praças, lugares em que eles costumavam se encontrar, representando a saudade de estarem juntos. Essa mostra foi muito importante para ilustrar para toda comunidade Band o quanto esses alunos conseguem trabalhar em detrimento das condições adversas.”.

Confira a galeria de imagens aqui.

Temas relacionados:
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de STEAM