Eu fiz Band: Isaac Cattan

Publicado em 31/07/20

“A 1.a lição que o Band me ensinou foi aprender a conviver com tantas pessoas ao mesmo tempo, com bagagens culturais e sociais diferentes.”

Isaac Cattan estudou no Bandeirantes de 2007 a 2009, durante todo o Ensino Médio. Ao se formar, ele entrou direto no curso de Direito da Universidade de São Paulo. Durante a faculdade, Isaac buscou se engajar em diversas atividades para complementar sua formação. 

Um dos momentos mais marcantes de seu período na faculdade foi o intercâmbio que ele fez em 2011 para Israel. O ano todo foi dedicado a essa experiência em que Isaac coordenou uma organização juvenil de Israel. Além disso, ele passou 4 meses em um campus universitário em Jerusalém estudando economia e geopolítica. “O intercâmbio teve um papel decisivo em minha formação profissional. Foi um momento em que eu estava exposto ao convívio de pessoas de diferentes culturas, aprendendo a lidar com outros pensamentos e formando as minhas próprias convicções, o que para um advogado é muito importante.”

De volta ao Brasil, Isaac foi em busca de projetos que sua faculdade oferecia na área de direito. Ele voluntariou no Departamento Jurídico XI de Agosto e foi consultor da SanFran Jr. No final de 2013, Isaac começou a um estágio na Levy & Salomão Advogados , onde foi efetivado ao terminar a faculdade, em 2015, e trabalha até hoje. 

Recentemente, Isaac concluiu mais um passo em sua carreira: o mestrado. Ele começou sua pesquisa em 2018, na USP, e terminou neste ano. O tema de sua dissertação foi “Democracia Acionária”, em que Isaac estudou mecanismos para que haja empresas mais democráticas com relação aos acionistas minoritários. 

A próxima etapa de sua trajetória profissional é fazer um Mestrado Profissional em Direito na Universidade de Columbia. Isaac já foi aprovado pela Universidade e começará sua pesquisa no ano que vem. 

Voltando ao Band, Isaac se lembra de atividades que foram fundamentais para sua educação, como o Idade Mídia, em que ele produziu uma reportagem sobre imigrantes na cidade de São Paulo. Sua participação neste projeto fez com que, em seu primeiro ano de faculdade, Isaac fosse convidado a ser jornalista do Departamento Cultural do nosso Colégio. 

“Um dos maiores legados do Band para mim é a ideia de trabalhar duro até conseguir. Mas não só isso: o Colégio concilia o ensino com uma perspectiva global. Ao mesmo tempo em que fui preparado de forma excelente para o vestibular e o mercado de trabalho, o Band também teve um olhar humano e social. O Band olha para os alunos como seres humanos e cidadãos.”

Temas relacionados:
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!