“Qual escola queremos após a pandemia?” Participação de Daniela Vanetti no webinário da Convivere Mais

Publicado em 16/08/21

A aluna do 9.o ano Daniela Vanetti participou do webinário “Qual escola queremos após a pandemia?”, da Convivere Mais. Daniela foi a única aluna, em todo o webinário, a participar de uma mesa de discussão. A mesa em que esteve era chamada “A importância do protagonismo dos alunos durante a pandemia” e ela falou sobre o trabalho realizado com as equipes de ajuda no Band.


Convivere Mais é um grupo formado por pesquisadores que trabalham a convivência na escola e que presta assessoria, formação, cursos e palestras para educadores com o intuito de falar sobre as relações interpessoais dentro do ambiente escolar. 


Daniela conta como se sentiu durante a palestra. “Apresentei, representando todas as equipes de ajuda do Brasil, o trabalho que desenvolvemos no Band durante a pandemia. Diante de tantos educadores presentes na palestra, meu propósito era inspirá-los a se atentarem a projetos que promovem o cuidado com a convivência nas escolas e o protagonismo dos alunos. Eu mesma acabei me sentindo inspirada pela disposição que eles demonstraram para tornar as instituições de ensino meios mais saudáveis para que os alunos aprendam e cresçam tanto acadêmica quanto emocionalmente.”.

“Está claro que precisamos trabalhar a convivência, desenvolver as habilidades interpessoais dos alunos e ter uma escola que se importe, que trabalhe para que todos se sintam bem nela. O webinário foi a oportunidade de refletirmos juntos sobre qual caminho queremos trilhar daqui para frente e qual escola queremos construir.”, explica Marina Schwarz, orientadora responsável pelas equipes de ajuda, que complementa: “A educação já vinha se transformando, mas, com a chegada da pandemia, precisamos acelerar esse processo. Ter a oportunidade de reunir educadores e pesquisadores do assunto enriquece muito a nossa reflexão, assim como ter uma aluna apresentando em uma mesa sobre o protagonismo dos alunos e mostrando esse protagonismo ao vivo.”

Não faltaram elogios para Daniela após sua participação no webinário. Os comentários foram muito positivos e motivo de orgulho para toda a Comunidade Band. Marina explica o que sentiu ao ver a apresentação. “Um adulto contar sobre um trabalho que os alunos realizam é muito diferente de os próprios alunos contarem. A Daniela tinha um brilho nos olhos, mostrando seu envolvimento, contextualizando cada ação pensada pelos grupos de ajuda. É um compartilhamento de experiência genuíno, porque ela vivenciou isso na prática. É uma fala inspiradora e que foi bastante elogiada. Ao longo da apresentação, os educadores comentavam no chat o quanto Daniela é articulada e estava bem preparada, além dos elogios ao projeto. Uma aluna falando de uma maneira tão séria e embasada sobre os grupos de ajuda é muito inspirador, pois mostra que é possível que os estudantes cuidem ativamente da convivência escolar.”.

“Foi incrível falar sobre o que acredito e partilho com meus colegas da equipe de ajuda: uma crescente vontade de ajudar o próximo”, explica Daniela. “Ainda mais incrível foi perceber a possibilidade de as minhas palavras mudarem a realidade da escola de alguém. A possibilidade de que os educadores que assistiram à palestra desenvolvam um olhar mais atento ao emocional dos alunos e alimentem uma dinâmica escolar em que os professores e coordenadores não sejam vistos como inimigos mas como grandes aliados.”.

Temas relacionados:
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!