BandFórum: 11.a edição

Publicado em 01/10/20

Durante a semana do dia 20/09, deu-se início à 11.a edição do BandFórum. Devido ao cenário atual, a simulação e as palestras migraram para o ambiente virtual, o que não impediu o sucesso do evento. Com cerca de 80 pessoas participando das cerimônias de abertura e encerramento, os encontros contaram com presenças importantes do contexto sociopolítico global, fomentando discussões sobre diversas atualidades, bem como eventos históricos.


A organização do evento ficou a cargo do Secretariado, constituído pelas alunas da 3.a série Luísa Shida, Beatriz Maria, Vitória Reyes e Maria Beatriz Rezende, bem como da professora de Geografia Regina Mara. Já a simulação foi dividida em cinco comitês, cada um com cerca de 20 alunos da 2.a e 3.a série, sendo um sobre a partilha da África na Conferência de Berlim, um Conselho de Segurança da ONU sobre a Guerra do Iêmen, um Conselho Econômico e Social sobre o desenvolvimento do Haiti, um da Organização Mundial da Saúde sobre pandemias, e a Imprensa, que cobriu todos os comitês.

Embora não obrigatórias, as palestras durante a semana foram fortemente recomendadas, já que estavam diretamente associadas à simulação. No dia 22/09, o assunto foi como prevenir futuras pandemias e o uso da tecnologia na medicina, com a participação de Lilian Arai, médica e fundadora da HACKMED, iniciativa que visa transformar a área da saúde no Brasil por meio da inovação. A conversa era focada nas discussões do comitê da OMS.

A segunda palestra do dia foi essencial para os integrantes do comitê da Imprensa, protagonizada pela jornalista Nicole Defillo, da Rádio Alpha FM. O tema da conversa foi a importância da mídia nas relações internacionais, além de abordar o curso e a trajetória da profissional.

O dia seguinte consistiu em uma roda de diálogo ministrada pelo professor de Geografia João Paciello e pelo professor de História Pérsio Santiago. A temática da conversa foi “Como reimaginar a Partilha da África”, e trouxe uma série de recortes históricos para desenvolver a discussão que, por sua vez, focou-se no comitê que discutiria a Conferência.

A última palestra contou com a participação do empresário Alberto Pfeifer e a abordagem foi “Os mecanismos de apoio internacional; um estudo de caso do Haiti”. O diálogo voltou-se ao comitê do Conselho Econômico e Social sobre o desenvolvimento do país da América Central.

No sábado, iniciou-se a simulação com uma cerimônia de abertura, com cerca de 80 pessoas assistindo, entre os quais professores, alunos e interessados. O evento contou a participação da diplomata Mariana Sandoval, delegada do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (ICRC), que já trabalhou em Moçambique e atualmente atua em Genebra.

A simulação foi dividida em quatro sessões por comitê, com duração de 2 horas cada. Nessas sessões, eram discutidas soluções para os problemas propostos. No caso da OMS, por exemplo, a questão era como prevenir que futuras pandemias se espalhem na mesma intensidade da atual vivida no mundo. Havia também a situação de Crise, quando os diretores do comitê traziam uma notícia produzida pela Imprensa, e os delegados tinham que arcar com  essa nova informação.

Por fim, houve a cerimônia de encerramento, quando foram feitas as considerações finais e as premiações para o melhor delegado, as menções honrosas e até números musicais.

“Nós estamos trabalhando nesta edição desde o final de 2019. Foi um processo bastante enriquecedor e o resultado certamente excedeu as expectativas. Participar deste tipo de evento acrescenta muito tanto como pessoa quanto como cidadã do mundo, pois você tem de estudar atualidades, enxergar pontos de vista diferentes do seu e debater com um grande número de pessoas”, comenta Beatriz Maria, uma das organizadoras.

A professora Regina Mara comenta que o diferencial do BandFórum é que ele é totalmente arquitetado e feito pelos alunos: “Essa edição fica na história como sendo a primeiro virtual e foi incrível. O Colégio deu todo suporte necessário e o Secretariado fez um trabalho brilhante. Os diretores de cada comitê também escreveram todos os documentos e tudo foi trazido ao ambiente on-line de forma muito positiva.”.

Para acompanhar os detalhes e os conteúdos disponibilizados pela equipe do BandFórum, basta seguí-los no Instagram.

Temas relacionados:
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Ciências Humanas