Tradição nos palcos

Publicado em 03/12/09

dsc06300Nos dias 1º  e 2 de dezembro, os alunos participantes do curso de teatro oferecido pelo colégio apresentaram, no Teatro Folha, o fruto de um ano de trabalho.

As peças escolhidas foram “Escola de Mulheres”, de Molière, dramaturgo francês imortalizado por suas comédias satíricas, que revolucionaram o teatro francês no século XVII; e “Muito Barulho Por Nada”, comédia considerada um dos textos mais hilários de Shakespeare.

A primeira obra consiste na história de um solteirão, Arnolfo, que é o terror de todos os maridos traídos de Paris, pois ele denuncia os casos de suas esposas. Porém, ao completar 40 anos, Arnolfo decide casar-se e, por medo da traição, escolhe Inês, garota que criara desde os quatro anos tomando cuidado para que só lhe ensinassem o que fosse torná-la burra. Porém, os planos de Arnolfo são mal-sucedidos, já que Inês se apaixona por Horácio.

dsc06547

A partir disso, a trama se desenvolve causando risadas no público pelos traços caricatos de cada personagem. A segunda obra é, também, uma comédia de tirar o fôlego dos espectadores.

A história se passa na cidade de Medina, tendo como personagens principais um casal de namorados, Cláudio e Hero, que estão prestes a se casar. Para distrair-se um dia antes do casamento, eles decidem pregar uma peça em seus amigos, Beatriz e Benedito, para que estes declarem o amor que sentem um pelo outro. Para isso, contam com a ajuda de D. Pedro, príncipe de Aragão. O que o casal não imagina é que, D. João, enciumado, tentará sabotar o casamento.

Por mais que o intuito principal das duas peças seja causar o riso, o aluno aprende, no teatro, muito mais do que usar um tom engraçado. “O aluno ganha sociabilização na prática, já que atuar numa peça de teatro é a experiência realizar um grande trabalho em equipe” explica Fernando Borges, diretor das duas peças e professor dos alunos ao longo do ano. Além disso, quem estuda teatro ganha consciência emocional e corporal, já que seu corpo e sua mente são suas ferramentas mais significativas. “Uma mãe até falou pra mim que a dicção da filha dela melhorou muito”, comprova Fernando.

Em 2009, o curso de teatro oferecido no Colégio completou 13 anos, e as apresentações mantiveram a tradição das doze edições anteriores: muitos aplausos e elogios no final.

Confira abaixo a galeria de imagem das peças:
Escola de Mulheres
Muito Barulho Por Nada

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Cultural