Heleno, o jogador “encrenca”

Publicado em 23/03/12

Inspirado na biografia do primeiro jogador encrenca conhecido no Brasil, Rodrigo Santoro atua perfeitamente como protagonista no filme Heleno. O longa trata da vida pessoal do jogador do Botafogo, envolvido com drogas, álcool e noitadas com mulheres. Mesmo ocorrendo em torno dos anos 40 e 50, a história de Heleno representa a vida de muitos jogadores atuais, tornando-se uma biografia atemporal.

Devido a essa vida desregrada, Heleno contraiu sífilis, e para que sua reputação de mulherengo continuasse, recusou o tratamento. A doença o deixou louco, e, com apoio da família, foi internado em um manicômio, onde ficou até o fim de sua vida.
O drama é poético, em branco e preto e com frases de impacto do próprio jogador. Em uma delas, Heleno diz que “jogaria no Botafogo até de graça” – mostrando-se um profissional que se importava mais com o jogo do que com o que ganharia com ele.

O Band promoveu a pré-estreia do filme, com a presença de Santoro e agora disponibiliza ingressos no Departamento Cultural para alunos do Ensino Médio.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!