Band e Célia Helena apresentam: espetáculo “Com amor, eu”

Publicado em 14/12/18

Em uma parceria entre o Band e o “Centro de Artes e Educação Célia Helena”, alunos do 1.o e 2.o ano do Ensino Médio apresentaram a peça itinerante “Com amor, eu”. Tudo foi acompanhado de perto pela Coordenadoria Cultural e pela equipe do Célia Helena.


​Livremente inspirada em fragmentos de “Anoesis”, do coletivo Junction 25, “Hamlet”, de William Sheakspeare, e “Alice no país das maravilhas”, de Lewis Carroll, a peça itinerante tomou conta de todo o Colégio e quebrou as barreiras entre público e palco. Tudo isso para trazer, além da interpretação, vídeos, músicas e danças, uma reflexão sobre a adolescência, identidade, o tempo e os padrões da sociedade aos quais estamos submetidos.


​O resultado foi um ano intenso e repleto de aprendizados. Foram diversas dinâmicas para que os alunos se integrassem inicialmente e depois aprendessem conceitos básicos da interpretação. Para ajudar nesse processo, eles também contaram com a presença de professores de linguagens específicas, como corporal e sonora, vindos diretamente do Célia Helena.


​“Eles aprenderam a ter mais confiança, trabalhar em grupo, falar em público e se expressar. Habilidades humanas que são benéficas para diversos aspectos da vida”, disse a professora do Célia Helena que acompanhou o grupo, Joana Doria, destacando ainda a importância da peça ter sido na escola. “Ressignificaram o que eles vivem no dia a dia por meio da arte”, completou.


​“Os alunos transformaram em poesia esses tijolinhos do Band que são tão importantes para quem estudou na escola. Fizeram todo mundo pensar em si mesmo em alguma época da vida. Me deu muita emoção imaginar o que eu, meus tios e meus pais fomos ali dentro”, contou a diretora do Célia Helena e aluna formada no Band, Lígia Cortez.


​A aluna Gabriela Centurione, da 2.a série do Ensino Médio, conta que, a partir dos conceitos teatro, aprendeu sobre convivência. “Vi que é preciso ouvir o que as pessoas têm a dizer e a não julgá-las pelas minhas impressões. No teatro, você passa a conhecer as pessoas de outro ponto de vista e acaba descobrindo várias coisas incríveis sobre elas”, disse ela.


​Sendo o primeiro ano da parceria, os resultados já ultrapassaram as expectativas. “Logo no começo sugerimos a peça itinerante e a ideia foi rapidamente comprada pela equipe do Célia Helena. É uma honra trabalhar junto com a melhor escola de teatro do país, ainda mais pelo fato da Lígia ter estudado aqui. Foi algo que encaixou”, contou Ricardo Aguirre, Coordenador de Relações Institucionais, Marketing e Cultural.

“O Bandeirantes tem um compromisso muito claro em prol do aluno e da educação, então essa parceria faz muito sentido porque o Célia Helena é uma escola voltada para o desenvolvimento do pensamento através da arte”, concluiu Lígia.

Confira a galeria de imagens clicando aqui.

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Vida Cultural

Cinema: Casal Improvável

Publicado em 18/06/19

Canto in Club: a voz do cinema

Publicado em 17/06/19

Cinema: Turma da Mônica Laços

Publicado em 16/06/19