100 anos de Bauhaus no STEAM

Publicado em 25/04/19

No ano de 2019, a escola de arquitetura alemã, Bauhaus, completa 100 anos. Pensando na data comemorativa e na relação que os conceitos da escola têm com o conteúdo trabalhado pelos alunos da 1.a série do Ensino Médio, no STEAM, os alunos desenvolveram projetos no contexto da Bauhaus.


Luz, sombra, cores e o olho humano foram alguns dos conceitos que os alunos aprenderam no primeiro bimestre deste ano. O conteúdo das aulas somado ao manuseio de ferramentas e à fabricação digital em cortadoras de vinil e a laser, trabalhado durante o bimestre, resultaram nas exposições feitas pelo Colégio. “A ideia era criar uma narrativa que acomodasse as matérias e práticas aprendidas em aula.  Assim tudo é costurado: a teoria e a prática seguem a primeira escola de design do mundo em seu centenário. ”, contou Marta Rabello, professora de STEAM do Band.


Além das aulas, os alunos contaram também com uma palestra do arquiteto e professor Livre-Docente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, João Whitaker. Nela, os estudantes puderam aprofundar os temas vistos em aula sobre Bauhaus. Funcionalidade, simplicidade, modernidade e racionalidade são palavras chave para entender a escola na visão do arquiteto.


Segundo a Professora de Artes e STEAM do Colégio, Paula Ariane, o urbanista ainda trouxe uma visão que vai além da teoria. “Com o contexto econômico de século 20, ele conseguiu dar uma palestra bem completa sobre o tema. Não só a arquitetura e a Bauhaus estiveram presentes na conversa, mas a história e a economia também foram protagonistas. Ele mostrou o cenário da época por inteiro. É muito importante os alunos ouvirem isso de alguém que estuda e trata da ocupação do espaço, ” concluiu Paula.


No fim do bimestre, foi chegada a hora dos projetos de fechamento. Cada sala foi dividida em grupos e todos eles produziram uma maquete com elementos Bauhaus e conceitos das Ciências da Natureza, permeados pela Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática.


Todos os ambientes, seja sala, quarto ou banheiro tinham que contar com um dos conteúdos aprendidos. A arte e a tecnologia andaram juntos, segundo Marta Rabello. “Foi muito legal ver os ambientes comuns com os elementos Bauhaus. Teve de tudo, as visões foram muito diferentes, o que tornou o projeto ainda mais interessante”, concluiu.

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de STEAM

O Band na FEBRACE

Publicado em 14/05/19