Dia da Mulher no Band

Publicado em 13/03/19

Para celebrar as mulheres da comunidade Band, o Grêmio XXV de Agosto e o Coletivo Feminista Tuíra realizaram uma série de eventos que marcaram o dia 8 de março.

Durante os intervalos da manhã e tarde, a tradicional venda de rosas tomou conta do pátio. Esse ano, porém, as flores não eram vermelhas e sim brancas. Para Julia Zucchi, aluna da 3.a série do Ensino Médio e membro do Grêmio XXV de Agosto, a mudança foi muito importante.

“O branco traz a ideia de paz e respeito à luta das mulheres. O vermelho muitas vezes remete a um amor romântico, que não é o intuito desse dia”, completou. As flores vinham com um bilhetinho para lembrar aos compradores o verdadeiro intuito daquela homenagem.

Além disso, ainda foram arrecadados itens de higiene básica para penitenciárias femininas. Motivadas pelo Coletivo, alunas, professoras e funcionárias vieram ao Colégio de preto em homenagem a todas as mulheres que já lutaram, estão lutando ou ainda lutarão por seus direitos.

Já a tarde, ocorreu uma roda de conversa especial com a presença da orientadora educacional, Beatriz Félix, das professoras, Cátia Pereira e Mari Vieira, e da jornalista, Magiu Pinheiro. Elas falaram sobre a luta das mulheres, os lugares de fala e escuta do dia 8 de março, a diferença entre as protagonistas desse dia, entre outros temas importantes.

Para Cátia, professora de Português do Band, a roda ampliou a consciência dos presentes sobre o significado desse dia. “Em diálogos assim, podemos discutir as lutas e dificuldades das mulheres em uma sociedade de padrões patriarcais e excludentes como a nossa, ” concluiu.

Temas relacionados: , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de O aluno Band