Beinprosone: a mobilidade urbana

Publicado em 25/06/19

Tendo como inspiração iniciativas inovadoras ao redor do mundo, um grupo de alunos do Colégio Bandeirantes, instruídos pelo Coordenador de Ciências da Natureza e Química, José Ricardo Almeida, criou o projeto BEINPROSONE; Be Innovative and ProduceSomething New, que procura trazer, para dentro do colégio, oportunidades de transformação pessoal e social. Em sua 5.a edição, o Beinprosone abordou o tema mobilidade urbana, um dos maiores problemas nas cidades atualmente.

Passando por quatro fases, introdução ao tema, hands on, apresentação e julgamento, os alunos interessados desenvolveram projetos em oficinas de três dias sobre a mobilidade urbana no mundo atual. A produção foi feita por grupos de alunos da 1.a série do Ensino Médio, que foram supervisionados e instruídos por estudantes da 2.a série do Ensino Médio. Além disso, tendo em vista o recente surgimento de novos transportes alternativos, os participantes desenvolveram seus projetos, montaram protótipos e apresentaram tudo à banca de jurados, composta pelo convidado Professor Doutor Paulo Schor, José Ricardo Almeida das Ciências da Natureza e Química, Luísa Santos da Geografia e Ricardo Aguirre e Vanessa Crepaldi do Cultural, Marketing e Relações Institucionais.


“O tema da mobilidade urbana atual é relevante, pois abre a possibilidade de refletir e pensar em como se locomover na própria cidade em que se vive. Será que não há outras possibilidades de locomoção que não os patinetes ou carros? ”, contou José Ricardo Almeida.


Além disso, as empresas The Speaker e Shawee estiveram presentes no evento para algumas palestras especiais. A primeira abordou técnicas de oratória e apresentação que poderiam ajudar os participantes na hora de expor seus projetos. Já a segunda empresa que conversou com os alunos tem uma plataforma online de gerenciamento de hackathons, eventos que reúnem profissionais relacionados à área de programação, com o intuito de, em um período curto de tempo, criarem soluções inovadoras para algum problema específico.


Outros convidados especiais foram Mauro Calliari, administrador de empresas e mestre em urbanismo, Marina Schor, uma das idealizadoras do Beinprosone que veio ao Brasil especialmente para o evento, e os professores do Band, Franco Ramunno de Química e STEAM e Denis Martins da Matemática.


“O Beinprosone é sempre uma experiência muito incrível para mim, porque ele possibilita que pessoas muito diferentes, que possivelmente não conversariam em outro contexto, trabalhem juntas. Desse encontro, sempre surgem coisas muito legais e inesperadas. Além disso, é muito legal receber a liberdade criativa dada nesse evento. ”, concluiu Daniela Kow, aluna da 3.a série do Ensino Médio e uma das organizadoras da edição.

Confira a galeria de imagens aqui.

Temas relacionados: ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de O aluno Band