Vó Bel

Publicado em 10/06/13

 

Me fazia dormir contando histórias,
um passarinho vencia um macaco enorme e feroz.
Sombras e luzes projetadas no teto do quarto
embalavam a minha imaginação num colo gostoso de dormir.
Brincar pela casa da Vó, montar os blocos amarelos
criar castelos onde o batmóvel e os cavalos do forte apache
conviviam nas tardes gostosas .
Escolher feijão; fazer uma rosca; tomar um lanche.
No jantar uma tigela de café com leite, pão e cubos de queijo branco,
vinham na colher alimentar a minha alma com tanto amor.
Momento de sentar e ver TV. O sono vem para deitar na cama
improvisada com tanto carinho.
Na páscoa ovos de chocolate embalados em papel alumínio colorido para todos os netos.
Durante a faculdade voltei. E mais uma vez de braços abertos me recebeu.

Saudade, saudade muitas saudades

Descanse, minha Vó Bel, o teu amor
me fez um Homem de bem.

Flávio
São Paulo, 8 de Novembro de 2012

Prof. Flávio M. Campos Jr. 

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos