Um lembrete

Publicado em 14/03/16

Amigo, esteja avisado, cairás.
Esteja avisado, chorarás.
Sentirás a dor.
Mergulharás no desespero.
Gritarás no escuro, sem esperança, esquecendo-se de cada momento de alegria que já viu em tua curta vida.

Quando parecer que o até o Sol te abandonou, que não tens mais nada
pensarás em partir.
Espera, meu amigo.

Não abandona todas as esperanças, os sonhos e as ilusões.
Tens direito ao final feliz. Fugirás do castelo sem vê-lo?
Desistirás porque tremeu diante do dragão?

Todos tremem, todos temem.
Poucos lutam. Menos ainda lutam admitindo o medo.
Mas todos têm medo.

Temos medo de falhar e cair.
Temos medo de desapontarmos os outros e, talvez ainda mais, a nós mesmos.
Privamo-nos de conquistar dias louváveis pelo puro medo de fracassarmos e sofrermos.

Nos dias de dor, esquecerás que existem outros dias.
Mas os dias de dor passarão, e verás mais tarde
se aguentar.

Respira, amigo.
Espera, aguenta, resiste, luta mais um pouco.
Um dia, uma hora, talvez baste apenas um segundo.

Verás que a Lua brilha para ti
E que o Sol nascerá mesmo através das trevas que fecharam teu coração.
Porque, ao final, és forte.

Bem sei que não te sentirás capaz de aguentar.
Acredita em mim que já te vi lutar:
Quem persistir triunfará.

Amigo, olha o exército ao teu lado.
Olha todos os que vão lutar por ti.
Olha todos os que estarão ao teu lado até o fim dos dias

São tua força
São os que te ajudarão a erguer-te quando mais temer cair.
E te ajudarão a abrir a janela da mente.

Amigo,
Acredita que a escuridão tem fim,
Que um dia o choro será de alegria.
Que tens uma armada ao teu lado,
Que logo sorrirás e te esquecerás do dia de hoje.

Gabriela Tchalian, ex-aluna (2014)

Temas relacionados: , , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!