Sem tempo

Publicado em 18/09/13
Tento persistente
Tento sem tato
Tento sem jeito
Tento um abraço

 

Um abraço já não há
Palavras já não bastam
E ainda tento, sem tempo.

 

Tento devolver
O que você um dia teve
E com sorte terá

 

Que adianta tentar
Se fim não há.
Que adianta tentar
E em nada ajudar.

 

Ainda assim, amigo
Ainda tento, sem tato
Ainda tento, sem jeito
Ainda tento, um abraço
Ainda tento, sem tempo.
Isabela Portinari, 1B1
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!