Por um fio

Publicado em 17/03/14

O ontem que a vida pede

O hoje que não se faz;

Se assim, não for feito agora,

Uma nova chance

Não terá jamais.

 

A vida que inspira cuidados

E do ar pouco caso se faz,

A mente não ajuda o corpo

O pulmão ao estremo vai.

 

Há vida, em prol da vida,

Por ela muito se fez;

Enquanto alguns cuidam muito

Outros dizem,

Pra mim, tanto faz.

 

Com a saúde brinca-se muito.

Havendo enfermidade

Reflete-se mais,

O desespero

Por sua vez, é que domina tudo;

Colocando-se assim

Valoriza-se muito mais.

                                                               Adalberto O Santos​

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!