Palavras soltas

Publicado em 24/06/13

Eu poderia dizer muita coisa, falar de bicicletas, do transito, dos estudos, de amigos meus

Poderia falar de tanta coisa que nem sei

Mas em minha mente tudo se mistura, se amassa, se remexe

Amigos, bicicletas, plantas, uma menina especial, amigas que gosto muito, amigos que não vejo há tempos, gente que já falei mais, gente que nunca mais falei…

São muitas coisas, pouco tempo e poucas chances, muito que quero e que posso fazer.

Não tenho tempo, não tenho dinheiro

Tenho sonhos, tenho desejos

Uma amada, muitos amores

Amigos, amigas

Tanto a dizer, pouco a explicar

Muito a explicar, para poucos que podem escutar

O tempo é curto, as chances são poucas

Espero não cair na desgraça de esquecer algo ou alguém

Ou de por alguém querido, ser esquecido

Permanecer na memória daqueles que me convém

Ser amado como amo

Por quem eu amo como quero ser amado

Pouco sei

Nada sei

Palavras livres, pouco versadas

Que começaram como uma frase solta

Para ser postada

Que alguns leria, mas poucos pensariam

Ou realmente entenderiam

Quase ninguém

Palavras soltas, sem métrica nem planejamento

Mão escrevendo

Eu me entendo

Será que os outros entenderão?

Thomas Wang, 3H3

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!