REFERÊNCIA – Wanderley Rodrigues

Publicado em 21/11/19

De onde estou eu vejo a lua,
O barulho da rua
Não me afeta a beleza
Dessa visão.
Daqui desse ponto a vida me chama,
A beleza se derrama,
Apressando as batidas
Do meu coração.

Daqui, onde estou,
É que vem meu sustento;
Aqui eu sustento
O prazer de estar vivo.
Aqui,
O lugar que apoia meus passos,
Lugar de estudo, sorrisos e abraços
É que dá o alimento do qual preciso.

Daqui, de onde estou vejo a lua,
Aqui vejo as asas do ensinamento
E a sabedoria, em crescimento,
Rompendo as grades de muitas celas.
Daqui vejo as estrelas
Brilhando tão intensamente,
Apoiadas nos galhos resistentes
Do Carvalho imponente
Da rua Estela!

 

Imagem de PublicDomainPictures por Pixabay 

Temas relacionados: ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!