O tempo

Publicado em 27/04/15

Os dois viraram naquela linda cena que todos gostam de chamar de “cena do foi e não olhou pra trás”. Eu fiquei realmente passado, acreditava que os dois eram perfeitos um pro outro. E agora? Bom, eu passaria, passaria para os dois. Com um eu ainda pretendia brincar, passar rápido e depois devagar, traria algumas situações desagradáveis e outras fantásticas, oscilaria entre o sucesso e o fracasso… Com o outro eu não teria tanta liberdade, mesmo se eu quisesse mexer com a vida dele, ele e seu jeito inflexível voltariam ao normal de qualquer jeito. Mas como eu disse eu passei, deixei que os dois ficassem separados por um bom tempo mas os dois eram perfeitos, eram a minha novela favorita.

Logo eu que sempre dei meus jeitinhos pra fazer as pessoas viverem aventuras e mistérios fui logo me encantar com um romance? Mas tudo bem, todos temos nossas fases e nem havia sido a primeira vez em que eu me enfiava numa fase romântica. Desde o começo dos séculos eu venho pregando peças, trapaceando, boicotando e apenas me divertindo com os casais dramáticos. Afinal, você já ouviu falar de algum casal que nunca deu um tempo? Geralmente era só diversão mas eu havia gostado deles, permitido que eles ficassem separados e agora eles teriam que me retribuir o favor.
Sabe como é, as vezes parece que eu volto, como o sol depois da noite e como a lua depois do dia. Eu voltei, o tão esperado dia em que eu voltei chegou. Eu, humildemente, resolvi fazer um encontro bem casual, apenas adicionei o fato de ser dia dos namorados e da rua estar vazia. Depois disso, tudo estava garantido, meu amigo cupido já tinha dito que bastaria um olhar. Decidi, então, chamar um pessoal, uma pizza e o resto seria destino. Aliás, o destino também estava lá.
Quando se encontraram foi assim:
– João?
– Gustavo?
– Quanto tempo.
– É verdade.
Eu já estava todo arrepiado.
–  Quer tomar um café ?
– Pode ser, estou com tempo.
– Eu também.
Em relação a isso, foi só uma mexida de pauzinhos da minha parte.

Beatriz Girardi Langella, 3H2

Temas relacionados: , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!