O poeta perdido

Publicado em 12/08/13
Lá no fundo,
um viciado
em carinho
acoplado
a um guepardo
sozinho

 

Lá no fundo,
um desenhista
Engenheiro
Cheio de carisma.
Não quer dinheiro,
quer ver o mundo inteiro.

 

Lá no fundo
um desastrado,
Vitorioso,
Azarado.
Mas orgulhoso de si
porque fazer um poema aprendeu.

 

Lá no fundo
um amor escondido
Não encontrado,
mas sempre procurado.
Não se aprende o amor
só sabemos quando o encontramos.

 

Lá no fundo, um poeta.
Sem rima, nem reta.
As palavras encontrei..
e um poema
criei.

 

Filipe Avelino, 9H 
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos