O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça de Electro

Publicado em 16/05/14

Essa é a resenha/crítica do filme O Espetacular Homem-Aranha 2 A Ameaça de Electro, caso você ainda não tenha assistido ao filme, esta resenha/crítica poderá estragar sua diversão, mas já que você continuou, vamos começar.
Homem Aranha 2 começa com a história dos pais de Peter Parker, Richard Parker está gravando um vídeo (que veremos por inteiro ao decorrer do filme), e o pequeno Peter grita, Richard se depara com um monte de papéis jogados no chão, depois vemos Richard se despedindo de Peter e de Tia May, logo após vemos a queda do avião que matou os pais do Homem Aranha, vemos Homem Aranha combatendo um misterioso integrante da máfia russa (que no final do filme é liberado da prisão e vira o vilão Rino), vemos o grande Stan Lee aparecendo novamente em um filme da Marvel, vemos a morte de de Norman Osborn (o Duende Verde dos quadrinhos), a busca de Harry pelo sangue do Homem Aranha para “curar” a tal doença, vemos o acidente que transformou o coitado Max Dyllon no poderoso Electro que apenas queria seu nome lembrado, vemos a morte da atual namorada de Peter Parker, Gwen Stacy, vemos a Gata Negra (também conhecida como Felicia ou a secretária do Duende Verde) e também vemos o quanto Homem Aranha dá esperança ao pessoal de. nova York.
Eu achei o filme muito bom, nada digno do título de filme do ano, que deve ir para Godzilla ou o novo Planeta dos Macacos, eu já explico o porquê. O Homem Aranha no mundo dos quadrinhos não é nada mais nada menos do que um Nerd de 15 anos magrelo que foi picado por uma aranha geneticamente modificada, ele está sempre sendo zoado por Flash Thompson ( que ironicamente é o fã número um do homem aranha), Peter também tem duas garotas que gostam dele, Gwen Stacy e Mary Jane, quando ele costura um uniforme vermelho e azul e vira o Homem Aranha ele começa a combater o crime, fácil? Não, além de salvar Nova York de vilões como Mysterio, Rino, Electro, Duende Verde, Duende Macabro, Venom, Carnificina, Lagarto, Doutor Octopus, Homem Areia, Abutre, a grande máfia do Rei do Crime (e o próprio), Cabeça de Martelo e uma infinidade de outros vilões e bandidos, ele também tem que manter sua identidade secreta, estudar para as provas e manter as melhores notas da sala, namorar Gwen Stacy/Mary Jane e impedir que sua frágil Tia May adoeça e morra, agora vamos deixar os quadrinhos de lado e falar do filme.
Eu fui para o cinema com uma expectativa baixa, mas eu gostei muito do filme, gostei da atuação da Emma Stone como Gwen Stacy, na minha opinião eles não poderiam ter escolhido uma atriz melhor para o papel, gostei também da interpretação de Andrew Garfield, que tem o estilo nerd e é bem humorado (até me lembra um certo herói escalador de paredes), para mim ele foi um melhor homem aranha que Tobey Maguire (ele foi aquele homem aranha da primeira trilogia que ficava sempre perdendo a máscara lembra?), gostei muito da trilha sonora, as músicas foram muito bem escolhidas, os efeitos “slow motion” não decepcionam, a morte da Gwen foi simplesmente sensacional, e coisas simples como o toque de celular de Peter Parker e os e-mails de Jameson me fizeram gostar mais ainda do filme, outro detalhe pequeno foi a nova roupa do homem aranha, que na minha opinião foi o melhor uniforme que eu já vi nos cinemas, mas o filme também tem coisas ruins, por exemplo (lembrando que é a minha opinião ok?), todos os vilões estão saindo da Oscorp, então dificilmente teremos vilões com histórias e origens complexas, Duende Verde e Electro não tem nada dos quadrinhos, na minha opinião o duende verde deveria ter lutado em um espaço mais aberto junto com o Electro para tornar a vida do Homem Aranha mais difícil, a Mary Jane apareceria na cena da cafeteria que não durou nem 2 segundos (ela seria interpretada pela atriz que faz a personagem principal desse novo filme Divergente) e estou até agora pensando como eles vão enfiar tantos vilões divulgados, em apenas 2 filmes (os únicos filmes que já foram confirmados, por enquanto), mas entre tantos prós e contras, o filme é muito bom e engraçado, os efeitos especiais são impecáveis, tem um bom 3D e fica ainda melhor com os amigos.
Agora vou contar uma teoria Nerd que eu elaborei ao chegar em casa (pode estar muito errada), Gwen fala durante o filme que estava disputando uma vaga na Oxford com um garoto de 14 anos, grave isto, agora vou te lembrar que Reed Richards do Quarteto Fantástico é um super gênio, sim é aí? Acontece que o “reboot” do Quarteto Fantástico será lançado em 2015, e os heróis terão 15 anos, portanto isso explica o fato de Richard ter 14 anos já que os filmes estão se passando no universo atual, outra coisa que comprova a ligação é que a cena pós créditos pertence ao filme X-Men Dias de um Futuro Esquecido, que é da Fox, Quarteto Fantástico também é da Fox, então a Fox e a Sony podem estar fazendo uma parceria (agora sonho com a possibilidade do Homem-Aranha na iniciativa vingadores junto com o Wolverine e Pantera Negra), aonde o homem aranha entra nessa história? Simples, se o Tocha Humana morrer, ele será substituído pelo Homem Aranha, como aconteceu em histórias recentes.
Obrigado por ter lido até o final e talvez você me veja novamente escrevendo uma crítica para o Espetacular Homem-Aranha 3 que será lançado em 2016.


Matheus Rodrigues (8G)

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!