Noites em claro

Publicado em 12/09/16

Eu não sei quem definiu que o ser humano deveria dormir um mínimo de oito horas por noite, não há ninguém com a mente vazia o bastante pra dormir por tanto tempo, eu por exemplo, faço parte do grupo daqueles que mal conseguem dormir. Veja só, os dias podem ser lindos, céu azul irradiante e calentador (ou cinza deprimente, o que você preferir) mas não há nada que me deixe sem fôlego como as noites de lua cheia, ou a infinidade de estrelas no céu, e o fato que elas nem estão mais lá, uma vez que a luz viaja devagar demais e nos impede de ver o que realmente ocorre nesse universo. Nós, seres minúsculos, vivendo em uma mistura gigantesca de água e terra, flutuando em zero gravidade, girando por todo sempre em volta de uma chama eterna, até o planeta está preso à uma rotina. O ponto é, o mundo é grande demais pra que percamos tempo dormindo oito horas por noite, nossa cabeça é constantemente bombardeada com quantidades enormes de ideias efêmeras, se não forem colocadas no papel rápido o bastante, são logo facilmente descartadas e mandadas para o limbo, onde nunca mais serão tocadas. Se eu estivesse dormindo este texto não estaria aqui, nem estariam todos os meus planos pra salvar os seres vivos e a humanidade, que porém, vou esquecer nos próximos cinco segundos.

Isabela Avelar, 3H2

Temas relacionados: , , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos