Mudanças

Publicado em 07/05/14

Entre um louco e um lúcido, que diferença há?

Ou, entre um sábio e um tolo que diferença há?

Nenhuma, pois cremos naquilo que nos é alcançável.

Talvez se tivesse crido seria algum desses.

Talvez se tivesse crido…

 

Será que como o vinho o nosso valor pode alterar-se?

Ou melhor ainda, como ouro pudéssemos valer?

De que adiantaria? Se não existisse interiormente a sabedoria,

Da crença do que é ser e do que é não-ser?

Afinal, a vida é para ser intrínseca e não insípida.

 

A vida que trago não condiz com a realidade.

Porque existo apenas, mas pareço alegre.

Perdão. Não condiz com a Minha realidade.

Um dia eu não só existi, eu vivi.

Entretanto não cri, deixei de viver e passei a existir.

 

(Que o passado se torne arcaico em minha vida.)

Pois dele nada se traz de útil, além da experiência.

Entregue a preço de sangue para me tornar quem não sou.

Talvez se tivesse crido ainda seria eu.

Contudo não cri, e hoje sou eu vivendo você.​

Bruno Marinho (auxiliar administrtivo – biblioteca)

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!