Lambe-lambe: o processo de criação

Publicado em 05/09/17

Com certeza você já viu um lambe-lambe pelas ruas de São Paulo. São aqueles cartazes colados por aí, com frases reflexivas, poemas, pequenos contos, imagens etc. Os alunos do segundo ano do ensino médio tiveram a oportunidade de criar seus próprios lambes, partindo tema“Invisibilidade urbana: você já me viu hoje?”. Cada grupo passou pelas seguintes etapas: recorte temático, elaboração de um mural de referências no Pinterest, criação do texto do lambe e colagem nas paredes do Band.

“As fotos do Pinterest chocaram muito, então queríamos fazer um lambe que chocasse também”, diz Helena Araújo, uma das integrantes de um grupo da turma 2C, que escolheu como foco a infância de crianças de rua. A aluna destaca também a importância de ter comparecido na Oficina de Criatividade ministrada por Laura Guimarães, idealizadora do projeto de lambes Microrroteiros. “Cada um do grupo fez um texto sobre o que achava sobre a infância de crianças que vivem nas ruas, e depois discutimos para ver quais palavras sintetizavam melhor”, conta Helena.

O resultado do trabalho desse grupo você confere abaixo:

Mural de Referências: https://br.pinterest.com/helenaxaraujo/inf%C3%A2ncia-perdida/

post blog 2

Trabalho da 2C: Helena Araújo, Julia Garcez, Marcella Abizaid, Miguel Dabdab e Valentina De Luca.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos