Estrelando

Publicado em 25/05/15

Olha! Não, olha de novo. Aquela estrela se mexeu! Meu pedido? Deixa-me pensar… Está bem. Ótimo. Quero ser estrela! Quero ser mais uma dentre todas que compõem esse espetáculo que estamos olhando agora. Sim, é isso! Não, não quero ser o Sol, fujo de responsabilidades. Seria ótimo, pense bem, ser estrela: quando eu me apagasse só reparariam depois de tanto tempo, que já não seria mais nem lembrada por mim mesma, e sim por uma imagem que ficou. É como viver duas vezes, não é? Vivo por mim no anonimato, e quando me percebem já nem estou viva. Não preciso ter medo de errar pois não arcarei com as consequências… Ora, isso sim é que é liberdade! Seríamos tão iguais que não se dariam ao trabalho de criar diferenças. Os amigos que teria seriam importantes, claro, nos dariam nome, nos chamariam constelação. Mas olhando de baixo, estaríamos todas juntas, sem muita diferença. O bonito seria o conjunto inteiro e não partes dele! Poderia me mexer e, assim, causar uma grande revolução, que não me julgariam! Aliás, adorariam e veriam na exceção algo lindo! Até fariam um pedido! Quanta superstição… e eu nem estaria mais lá, não é? E olha, o melhor: eu seria tão quentinha, que meu próprio calor me bastaria, eu não precisaria de ninguém mais! Ah, que diferença, que liberdade! Minha solidão me bastaria, imagine que sonho! Tantos pequenos tentariam me alcançar, e conforme a vida fosse passando iriam desistindo, porque lhes ensinam que o toque é melhor que a iminência, e só eu saberia que isso não é verdade. Não, minto… Só eu e aquele que nunca cresceu saberíamos! Você poderia ser estrela também! Sim, esse é meu pedido, mudei! Nós seríamos especiais, imagine… Nos bastaríamos mas teríamos um ao outro como extra, algo que nenhuma outra teria… E isso nos faria brilhar mais! Aquele brilho todo especial que só os apaixonados carregam nos olhos, sabe? Todos os que olhariam para nós saberiam que estávamos juntos. Causaríamos intriga, mas o que importa? Nossa vida seria quádrupla, só eu e você saberíamos o motivo disso! Tentariam por anos, décadas, séculos, milênios entender por que vivemos tanto. E, quando descobrissem, tudo mudaria, estariam todos salvos.

Maíra Romero, 3H1

Temas relacionados: , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!