Dica da semana: Netflix e documentários

Publicado em 06/10/17

O que seria do blog de Oficina de Mídias se não indicássemos boas recomendações de produtos de mídias?

Por isso, listamos abaixo 5 documentários disponíveis no Netflix que abordam sexualidade, o tema dos documentários que serão feitos pelos alunos dos primeiros anos:

Laerte-se (2016) – Lygia Barbosa dirige o documentário que conta a história de uma das maiores cartunistas brasileiras e sobre o que é ser uma mulher trans. É a primeira produção brasileira sobre o tema, e vale lembrar que o Brasil é apontado como o país que mais mata travestis e transexuais no mundo.

Game Face (2015) – Qual a relação da sexualidade no mundo dos esportes? O filme acompanha a rotina da lutadora transexual de MMA Fallon Fox e do jogador gay de basquete Terrence Clemens, abordando a questão de resistência da comunidade LGBT no mundo esportivo.

Oriented (2014) – A vida, os desafios e o conflito de três palestinos gays são exibidos neste documentário filmado em Tel Aviv, Israel. Khader, 25 anos, tem um namorado judeu e vive no seio de uma família que o amo e o aceita. Aos 26 anos, Fadi nunca se interessou judeus israelenses até se apaixonar por Benjamin. Já Naem, 24 anos, ainda não se sente pronto para se assumir perante a família.

The Mask You Live In (2015) – Um documentário poderoso que aborda a masculinidade como nunca vimos. A diretora, Jennifer Siebel Newsom, mostra como a ideia do macho dominante afeta psicologicamente crianças, jovens e, no futuro, adultos nos Estados Unidos.

She’s Beautiful When She’s Angry (2014) – O longa resgata a história do movimento feminista dos Estados Unidos nas décadas de 1960 e 70. Figuras como Kate Millet, autora de Política Sexual, e Eleanor Holmes Norton, primeira mulher a presidir o Comitê de Igualdade de Oportunidade de Emprego dos EUA, ressurgem para contar a história da militância rodeada de subestimações e opressão, que deu a chance de voz às mulheres na sociedade.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!