Desilusão

Publicado em 14/04/14

Não foi fácil ver a minha vida inteira passar por uma fração de segundo. A angústia de assistir, e não poder fazer nada. A dor de não poder voltar atrás, mudar, amar aquele tantinho de vida. O arrependimento de não ter dado a ela, seu devido valor, de tê-la tratado tão indiferente. Não é fácil ver anos de esforço jogados fora. Ver sonhos, que, quando sonhados pareciam tão reais, indo embora sem nunca terem sido realizados. Quem me dera ter o dom de viver tudo de novo. Se eu pudesse, esquecia o passado de uma vez. Se eu pudesse, parava de sentir saudade de tudo que nunca vi, senti ou vivi. Se eu pudesse, por um instante, viveria o presente. Com a certeza de que o que está feito, é imutável, e de que o ainda há de se fazer é incerto. Enfim, percebi que é tarde demais. Planejei tanto, esperei tanto. Amei pouco, aproveitei pouco, vivi pouco. Tudo passou tão rápido. Se eu pudesse voltar no tempo, manteria minha mente sempre no agora. A cada manhã, eu estaria nascendo. E a cada noite, morrendo.

Olivia Zerbini, 2H2

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!