Continentes

Publicado em 13/05/13

Irreal…

O teu olhar no espelho,

Me encarando

De dentro do meu olhar.

E esse mar que nos separa;

Ah, esse mar.

 

Separados

Por uma parede de vidro…

Posso ver,

Mas não posso te sentir.

Tanto tempo sem tua voz

E esse tempo

Começa a me consumir.

 

E é irreal

Sonhar que sonho contigo

E continuar sonhando

Depois de acordar.

E esse mar que nos separa;

Ah, esse mar.

 

E então, tua voz em meu ouvido…

E a distância, por um instante,

Parece não existir.

Posso até te ver sorrindo

E teu sorriso

Me faz sorrir.

 

E se torna irreal

Pensar que estás tão longe

E que não te posso abraçar.

Culpa desse mar que nos separa;

Ah, esse mar…!

Inspetor Wanderley J. Rodrigues

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos