Contágio

Publicado em 14/05/14

Divino criador!

Torna-me sábio,

Fazendo-me semear sementes do bem;

Convicto de que germine e cresça forte,

Contagiando as pessoas com o puro amor;

Espalhando essências nobres,

Do mais belo e gostoso carinho.

 

 

Faça-me ver

Que contribuo para o amor florescer;

Que minha visão contribui com o melhor do que há.

Que a visão que se tem de mim

Faz do pior, o melhor.

 

 

Ensina-me, grandioso instrutor,

A enxergar que as falhas dos outros

São menores que as minhas;

Ver que somos todos pecadores, 

E se de minha parte não houver perdão

Tampouco receberei o meu.

 

 

Ó Deus de amor, e de sábia justiça!

Não me abandones,

Nem olhes para minhas inúmeras falhas

Para que eu mi mantenha de pé.

 

 

Sei que os erros mi acompanham, mas permito-me corrigir,

Às vezes teimo, mas também sei ceder.

 

 

É por tudo isso que te peço, meu Deus, releve

Para que eu possa persistir e viver,

E revele com grande sabedoria, o amor que vem de ti.    

Adalberto Santos (inspetor)

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos