Confidências exatas de um Bandeirantino

Publicado em 19/11/15

E agora, Bandeirantes?
a festa acabou,
o povo-ôô sumiu.

E aos inocentes que ficaram
deixo um recado
a areia esfriou
o óleo já seco,
desconfortável às costas.

E ao medo que canta
deixo um pedido
trabalhe com alegria,
tenha a prazerosa cárcere.

Não faça da poesia
uma ordem.
Deste gauche autor
um Mandamento.

Eu fui o que você é.

Mas deixo uma promessa
mãos dadas com o Sentimento
são o bastante para, sozinho,
dinamitar as negativas do mundo.

E agora, Bandeirantes?

Felipe London, 3E1

Temas relacionados: , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!