Ao avesso

Publicado em 02/09/13
Um dia escrevi um poema de trás pra frente
no fim começava
e no inicio concluía
Era engraçado vê-lo desajeitado embaralhar
soltar soltas palavras ao ar
mas não era feio
De ponta cabeça lia para entender
sua força de convencer
e seu jeito de olhar
Era um poema longo, curto, triste e também feliz
era a coisa mais linda
era eu
Guilherme Lacks, 1B2
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos