Publicado em 21/08/13

Vislumbrei seu rosto na névoa de uma lembrança. Contudo, a aurora chegou e despedaçou a certeza de a sua beleza fazer parte da realidade. Agora, não sei mais se “nós” é verdade. E todo o dia a luz do dia carrega para longe, sem pedir licença, mais uma evidência da sua presença, e o que me resta é somente o desespero, sobrevivendo com essa saudade sem fim, pois o tempo roubou-te de mim.

Luísa Helena, 2H2

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!