Publicado em 13/05/13
Sinto o cheiro da chuva, mas é seu perfume que não sai de minha pele. ouço um barulho de água caindo, logo penso que virá uma tempestade por aí, mas a única tempestade que virá é a em meu coração. ouço trovões, mas são seus gritos. vejo que está escurecendo, mas é que você levou minha luz com você. então, chove…tão acostumado a ser mal tratado que as lágrimas já nem senti rolarem e caírem no chão frio de madeira. estas lágrimas já erodiram caminhos em minha face que já não apresenta mais expressão. e então, chove…
 Alexandre Gonçalves Junior, 3H3
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Linguagens e códigos