Marília, sua piranha!

Publicado em 23/04/14

Marília, sua piranha!

Dizes-me que foi tudo atuação.

Que crueldade tamanha!

Foi tudo pela atenção?

 

Eu te vi, Marília, com Bocage,

aquele pré-romântico cretino.

Então com ele que viaje!

E leve teu amor ferino!

Que cruel ilusão, a minha.

Trocar minha cidade por uma fazenda?

Perder meu status e ganhar uma galinha.

 

Saiba que meu coração você esmaga.

Mas caso ainda se arrependa,

assino, Tomás Antônio Gonzaga.

Arthur Lobão (2H2)

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!