Por dentro de Harvard

Publicado em 10/07/17

Olá mais uma vez!

O post dessa semana será um pouco diferente dos demais, já que pretendo falar menos e te mostrar mais. Sempre que algum amigo ou parente vem me visitar aqui em Boston, gosto de realizar um pequeno tour pela Harvard University, a fim de mostrar as partes mais bonitas e interessantes. Como, depois de 5 meses de blog, você já é meu amigo também, nada mais justo do que te guiar por essa universidade maravilhosa! E fica o aviso: te garanto que você vai querer estudar aqui antes do fim do nosso tour.

1

O passeio por Harvard será dividido em três partes, que correspondem às três estrelas vermelhas no mapa abaixo. Começaremos hoje, mas como temos muito para ver, esse tópico continuará no próximo post. Você tem sorte, porque é verão e está um dia lindo em Massachusetts, o que tornará nosso tour bem mais aprazível. Vamos lá!

2

Comecemos pela estrela mais ao sul no mapa. Estamos na parte da Harvard University que fica em Boston, onde se localizam as faculdades de medicina, saúde pública e odontologia. Portanto, eu passo a maior parte do tempo aqui. Esta região da cidade é conhecida como Longwood Medical Area, devido ao grande número de hospitais, onde os alunos da Medical School aprendem.

Pôr do sol na Harvard Medical School

Pôr do sol na Harvard Medical School

Harvard T.H. Chan School of Public Health, onde fica meu laboratório, à esquerda e Countway Medical Library à direita

Harvard T.H. Chan School of Public Health, onde fica meu laboratório, à esquerda e Countway Medical Library à direita

Logo na frente da Harvard Medical School temos o Vanderbilt Hall, onde a maioria dos alunos do curso de medicina moram. Além dos dormitórios (que são bonitos mas nem um pouco organizados), há espaços de convivência, quadra de tênis, duas quadras de squash, parede de escalada, quadra de basquete e academia, onde são oferecidas “gratuitamente” para os alunos e funcionários de Harvard aulas de spinning, zumba, yoga, etc. Digo “gratuitamente” entre aspas porque tudo isso está incluído na matrícula salgadíssima da universidade, mas meu ponto é que não se paga a mais por todos esses benefícios. Eu não moro no Vanderbilt Hall, mas, como aluna de Harvard, tenho direito a usar todo esse espaço, o que eu obviamente faço todos os dias.

Por dentro do Vanderbilt Hall

Por dentro do Vanderbilt Hall

Quadra de basquete, com as letras “HMS” de Harvard Medical School no centro

Quadra de basquete, com as letras “HMS” de Harvard Medical School no centro

Agora, vamos para Cambridge conhecer outra parte da Harvard University, que corresponde à estrela mais ao norte no nosso mapa. Para isso, temos que atravessar o Charles River, rio que separa Boston de Cambridge. Apesar de estas serem cidades diferentes, na prática tudo funciona como uma cidade só. A melhor maneira de realizar esse trajeto é a bordo dos shuttles de Harvard, aos quais todos os alunos e funcionários têm direito. Bicicleta também é uma ótima opção.

Charles River, congelado no inverno...

Charles River, congelado no inverno…

...e no verão

…e no verão

Um dos shuttles para alunos de Harvard

Um dos shuttles para alunos de Harvard

Depois de cerca de 30 minutos, chegamos ao Harvard Yard, onde se localiza a famosa estátua de John Harvard, sobre a qual já conversamos em um dos primeiros posts do ano. Aqui, é obrigatória a parada para fazer um pedido e tirar a clássica foto tocando os pés do fundador da universidade.

Independente da estação, não se esqueça de fazer um pedido!

Independente da estação, não se esqueça de fazer um pedido!

O Harvard Yard compreende uma área de 22 acres com gramados e construções. É a parte mais antiga de toda a Harvard University, e você pode passar horas explorando esse lugar tão lindo. Os dormitórios dos alunos do primeiro ano estão localizados aqui, assim como bibliotecas, salas de aula, prédios de departamentos, o escritório do reitor e até uma igreja. Imagine só como deve ser morar num lugar desses!

Harvard Yard no inverno...

Harvard Yard no inverno…

...e no verão!

…e no verão!

Widener Library

Widener Library

Harvard Memorial Church

Harvard Memorial Church

Saindo do Harvard Yard, chegamos na Harvard Plaza, onde há sempre eventos, músicos, jogos e food trucks. Bem perto daqui fica um dos meus museus favoritos da cidade, o Harvard Museum of Natural History, ao qual os alunos também tem acesso gratuito. Eu vinha muito aqui nos meses mais frios.

Um arco íris na Harvard Plaza

Um arco íris na Harvard Plaza

Harvard Museum of Natural History

Harvard Museum of Natural History

Parte do acervo impressionante desse museu

Parte do acervo impressionante desse museu

Depois desse museu incrível, ainda tenho muito para te mostrar, mas temos que esperar até a próxima semana. Vamos passear pelas faculdades de direito e economia (afinal, nem tudo é medicina, não é mesmo?), tomar o melhor sorvete da cidade, andar de caiaque no Charles River e conhecer o meu lugar preferido de toda a Harvard University.

Espero você!

Carol Martines

_____________________________________________________________________________

Carolina Martines estudou no Colégio Bandeirantes de 2006 até 2012. Em 2013, foi aprovada em primeiro lugar na Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), mas optou por cursar medicina na Universidade de São Paulo (USP). Depois de concluir os quatro primeiros anos da faculdade no Brasil, foi aprovada em um programa que a Faculdade de Medicina da USP tem com a Harvard University. Este programa seleciona estudantes que terão o privilégio de ser alunos de Harvard por um ano, trabalhando com pesquisa científica.

“Um dia aprendi que sonhos existem para tornarem-se realidade. E, desde aquele dia, já não durmo pra descansar. Simplesmente durmo pra sonhar.”(Walt Disney)

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Do Band a Harvard

Do Band a Harvard

Publicado em 19/03/19

Casa

Publicado em 20/12/17

Despedidas

Publicado em 08/12/17