Do Band a Harvard: Início do segundo semestre

Publicado em 29/07/19

Olá!

Como passa rápido…Não parece que estou aqui há seis meses. Os primeiros foram de adaptação, tempo de criar uma nova rotina, de aprender a viver em um novo país e em uma nova realidade. Para mim, acredito que foi a época com mais dificuldades e incertezas. Agora, com uma rotina já estabelecida, com carinho pela cidade, com lugares onde já me encontrei, sinto que comecei a aproveitar a minha vida aqui. Entro no segundo semestre com outra energia e com novas expectativas!

Caminho para o laboratório

No laboratório, não é diferente. No começo do ano, lembro que estava insegura sobre cada detalhe da pesquisa – não sabia direito como funcionava o trabalho, nem quais eram as minhas responsabilidades e obrigações. Posso dizer que, com certeza, não é mais assim: as tarefas fluem muito mais agora. A equipe já está trabalhando em sintonia e de uma forma muito mais produtiva e prazerosa.

Falamos que faltava uma cor, uma plantinha para alegrar o lab – além de uma florzinha de surpresa, o professor trouxe também cookies de sobremesa!

Com o início do segundo semestre, demos entrada no processo de finalização dos projetos. O primeiro semestre foi marcado pela busca de dados, experimentos, novas ideias e planejamento das pesquisas. Agora, entramos no momento de análise dos dados já obtidos e escrita dos artigos. Além dos nossos projetos, estamos ajudando a acabar os dos anos anteriores, uma vez que as pesquisas são extensas e uma relacionada a outra, é comum nesse laboratório a continuidade dos trabalhos e a complementação pelos próximos alunos.

Por mais trabalhosa que seja, a parte de escrita dos textos e união dos dados até então obtidos é uma das partes onde percebemos o quanto o nosso trabalho progrediu. É muito gratificante e motivador perceber que todo o nosso esforço ao longo do ano trouxe resultados enormes e com grande potencial de impacto – e esse potencial fica ainda mais evidente durante o processo finalização dos nossos projetos, quanto discutimos os dados em conjunto e o significado de nossos resultados. Sentamos todos juntos em roda, analisamos pedaço por pedaço o nosso trabalho pensando nos seus potenciais e limitações, com intuito de entender e explorar o melhor de cada dado.

Bruce, Eu, Fernanda e Sofia no lab

Esse segundo semestre vem sendo, até então, uma época de grande aprendizado e de novas sensações. Poder viver a sua rotina com menos preocupações é, de fato, uma oportunidade que me faz viver o intercâmbio através de outra perspectiva. Novas descobertas estão a caminho e, certamente, novos desafios.

Giovanna Pedreira

Os alunos formados no Band em 2014, Giovanna Pedreira e Leonardo Pipek, estão tendo uma oportunidade única! Em um programa de intercâmbio da Faculdade de Medicina da USP e da Harvard University, os dois passarão um ano estudando em Boston. Confira o Blog dos estudantes que será atualizado toda semana!

Temas relacionados: ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!