O que acontece nos bastidores do InterBand

Publicado em 30/08/15

Por: Alexia Finkelstein e Bianca Rick
As partidas todos podem ver, mas ninguém sabe quem ou o que está por trás delas. Chegou a hora de expor os bastidores do InterBand!
Todos os professores e estagiários de educação física participam da organização e operação do InterBand. Organizados em uma escala, eles se dividem durante as três semanas, trabalhando 3h a mais do que o normal, chegando em casa depois das 22 e, principalmente, aproveitando a competição. “No radinho mais da metade do que a gente ouve são piadas! E também vale a pena lembrar que é aí que vemos o resultado do nosso trabalho com os atletas e dos nossos esforços de organização”, conta a professora Daniela Godoi. Ela ainda afirma que a sala de educação física é muito mais tranquila durante o InterBand do que em dias normais. Na última quarta (26), a professora estava encarregada de computar os resultados dos jogos, que podem ser checados no “placar online”.
11911144_739780806147633_1698614160_n
O esquema todo é mais simples do que parece. Os professores já começam o dia organizando o que será feito com os alunos da última aula da tarde, que são liberados para assistir às partidas. A partir daí, 6 professores vão para as quadras, 3 em cada uma, e um professor escalado fica na sala de educação física, onde ouve e registra no blog cada ponto feito.
Quanto aos professores na quadra, um passa os resultados e outro tira fotos. Os professores responsáveis pela câmera não são mais escalados como era antes: os que mais se interessam por fotografia, como é o caso da professora Claudia Cris, substituem os fotógrafos profissionais de antigamente. “Eles já conhecem o esporte, e se tem afinidade com fotografia, tiram fotos muito mais certeiras e de momentos decisivos, que eles já esperam acontecer”, explica Daniela. O professor que observa o jogo fica responsável por filmar as partidas para o Periscope e, finalmente, o que passa os resultados é o encarregado de enviar atualizações do placares ao responsável da sala e – é claro – trazer leveza ao evento pelas piadas.
11942242_739780649480982_729316686_n
Além disso, não podemos esquecer do Silvio! É ele que não só corre de um lugar para outro quando falta ou quando precisam de qualquer coisa, como também entrega o vale comida aos professores – e até aos jornalistas!
O professor responsável pelo blog recebe os resultados no rádio e atualiza os placares, tudo isso a partir da sala de educação física. E por falar nela, a maioria dos alunos do Band a conhece, porque a muitos já esqueceram alguma coisa e tiveram que recorrer ao achados e perdidos. É uma sala espaçosa, com duas mesas largas e muitos armários. Os da entrada são os que guardam os objetos perdidos, e o resto abriga material da educação física e os trofeus, que, infelizmente, por motivos de segurança, não estão expostos. O sonho, obviamente é conseguir um armário de vidro para expor os troféus em um local estratégico do Colégio.
A sala ainda é dividida com um depósito do Bandeirantes, que guarda as mesas da feira de ciências, as balanças utilizadas pelo departamento de educação fisica, os materiais usados quando tem votação no Colégio e muitos outros.
Lá, os professores usam os laptops do próprio Colégio, mas o melhor do ambiente todo sem dúvida é a geladeira. Frutas, sucos, marmitas e gelo. Muito gelo. O freezer de cima congela a água, e tem um pote para guardá-los devidamente ensacados. “Sempre tem alguém que se machuca, e precisamos dele na hora”, conta a professora Daniela. Os professores guardam também comida para um café-da-manhã comunitário que acontece aos sábados, no qual cada um traz algum alimento e tudo é servido em uma das mesas.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto a Band é legal!

mais de Blog_InterBand