A magia por trás das grandes partidas

Publicado em 11/08/16

Por Nicole Grossmann e Matheus Nunes

Na hora do jogo, sempre sentimos o ar carregado no campo e na torcida com uma tensão agoniante. Isto acontece porque pensamos que todos aqueles sacríficios, como alimentação regrada e exaustivas horas de treino, precisam ter uma recompensa: a medalha de ouro. Entretanto, nos bastidores dos jogos, pode-se observar um aprendizado de convivência e tolerância muito grande, que na opinião de muitos já seria mais importante do que o melhor prêmio. No InterBand, podemos ver o início de várias novas amizades, mesmo entre pessoas de times adversários. Trata-se de um ganho tremendo pensando no longo-prazo e no poder de amizade duradoura.
13872725_990866684346037_410546990376565820_n
Muitos pensam que obrigatoriamente pessoas de times adversários precisam ser rivais, mas nesta competição se observa o contrário. A empatia em relação às perdas e ganhos prevalece em comparação com a competitividade para alguns. Nos bastidores, pouco se fala sobre a quadra, deixando de lado assuntos de campo para dar ênfase ao lado pessoal de cada jogador durante os papos com os novos conhecidos, o que evita discussões a que o papo sobre os jogos poderia levar.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Blog_InterBand