ARPA: troca de gestão e novidades para 2019

Publicado em 12/11/18

Desde 2015, os estudantes do ARPA (Aulas de Revisão Para Alunos) se reúnem para dar aulas para os colegas. Assim, passando de gestão em gestão, o projeto continua na ativa contando atualmente com 80 colaboradores.

​Numa linguagem jovem, as aulas dadas pelos alunos ocorrem nas vésperas das semanas de prova. Cada um ensina uma matéria com a qual tem mais afinidade, contando com a ajuda dos professores para revisar o conteúdo. “Eles possuem uma linguagem deles e se mobilizaram em prol do conhecimento. Criaram uma cultura dentro da escola”, contou o Coordenador de Ciências da Natureza e Química, Ricardo Almeida.

​Com a ajuda de Ricardo, são os próprios alunos que organizam o projeto. Porém, a chegada do final do ano demanda uma troca de gestão para que o ARPA continue a todo vapor. Assim, chegou a vez do atual diretor, Daniel Ferman, da 3.a série do Ensino Médio, passar o bastão para Giovani Carvalho, da 2.a série.

​Giovani conta que a ideia para 2019 é, primeiramente, manter tudo o que foi conquistado até agora para, depois, trazer novas propostas como, por exemplo, criar um atendimento personalizado para dúvidas e também a produção de vídeoaulas. “Quero que seja algo cada vez mais enraizado na escola”, destacou ele.

​“A maior importância do ARPA está em ser uma organização estudantil que, além de ajudar os alunos com os estudos, dá voz aos mesmos. É um projeto que se põe como lugar de apoio em tudo que os alunos precisam. Com o ARPA, aprendi que apenas com a união de todos, com diferentes pensamentos e habilidades, é possível fazer um projeto dar certo” contou Daniel.

Temas relacionados: , , , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!