“O Guerreiro e o Palhaço” trabalha emoção em alunos com foco em Medicina

Publicado em 19/08/16

Na última quarta-feira (10/08) aconteceu a 7ª edição da atividade para os estudantes de aprofundamento para Medicina O Guerreiro e o Palhaço. O foco são as questões sócio-emocionais e psicológicas ligadas à pressão dos vestibulares.
IMG_6550
“A ansiedade do vestibular de Medicina sempre consiste num desafio a ser enfrentado. Assim, trabalhamos constantemente para deixar os alunos mais confiantes e focados nos seus objetivos. É importante mostrar para esses alunos que a queda pode ser um elemento de superação, basta trabalharmos nesse sentido.
                 Ângelo Brandini do Doutores da Alegria
Além disso, muitas vezes vamos passar por situações difíceis e que é necessário superá-las. Justamente por isso convidamos o Ângelo Brandini, Coordenador de criações artísticas do Doutores da Alegria e o José Bueno, mestre de Aikido, para trabalhar com o equilíbrio emocional dos estudantes”, explicou o Coordenador de Química, Ricardo Almeida.
                 José Bueno, mestre de Aikido
E um ambiente descontraído, a abertura do evento foi feita pelo Professor Ricardo Almeida e pelo o Coordenador do Departamento Cultural, Ricardo Aguirre, e contou com a presença de outros professores do Colégio.
                 Professor Almeida e Ricardo Aguirre coordenador do Depto. Cultural
Aguirre fez uma provocação nos alunos usando como plano de fundo um vídeo do corredor tricampeão olímpico Usain Bolt para inspirá-los. “No nível dele, todos os competidores são de alto rendimento e milésimos de segundo fazem a diferença. O vestibular de Medicina é assim”, afirmou Aguirre.
IMG_6578
Ângelo começou a conversa contando um pouco sobre o olhar do palhaço para dar um novo significado a objetos do cotidiano. Por exemplo, no hospital, uma seringa pode ser usada como instrumento musical para levar diversão para as crianças.
IMG_6659
Já mais relaxados e descontraídos, os estudantes ouviram a fala de José Bueno. Ele explicou um pouco sobre como os desafios como o vestibular podem ser encarados como uma ponte para um objetivo maior. O mestre também fez uma demonstração da arte marcial que tem como base o equilíbrio e a harmonia.
IMG_6608
Com essa demonstração, apontou que para obter o sucesso, não devemos focar somente em um ponto, mas olharmos ao redor e avaliarmos todas as possibilidades de vencermos o problema.
IMG_6682
“O mais curioso é ver a forma com que o grupo aborda a Medicina. O objetivo deles é demonstrar que o material humano, a capacidade de se expressar e enxergar o mundo ao seu redor de forma inovadora, são elementos valiosos”, comentou Ricardo Aguirre, Coordenador do Departamento Cultural.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Institucional

Os Inutensílios

Publicado em 10/06/19

A Educação precisa de paz

Publicado em 05/06/19

40 anos de Band

Publicado em 03/06/19