Ciência por trás da musica

Publicado em 05/04/12

Coordenado pelos professores Wilson Ferreira e João Epifânio Régis de Lima, o novo projeto extra-curricular iBand promete inovar a maneira pela qual encaramos a música. Durante o ano, os 16 alunos participantes, que já tocam algum instrumento ou cantam, irão produzir suas próprias músicas com as mais modernas tecnologias.

Os primeiros encontros do projeto consistiram em laboratórios musicais, nos quais os alunos exploraram os equipamentos e programas à disposição. “Eu entrei no curso para aprender a mexer nos equipamentos de produção. Tenho uma banda, e sempre que vou ao estúdio vejo todos aqueles aparelhos e não sei o que fazer com eles”, contou Leonardo Lopes Zuffo, do segundo ano, guitarrista e pianista. “O iBand vai ampliar os meus horizontes.”, acredita.
A música vai muito além do som que escutamos nas caixas e nos fones. “Uma coisa que muitas pessoas não sabem é que música envolve várias áreas do conhecimento. O curso integrará filosofia, física, história e até matemática”, explicou o professor Wilson, que garantiu que o iBand ajudará alguns alunos a se livrarem de “traumas” com determinadas matérias. “Nós queremos que os alunos explorem as novas maneiras de fazer música”, ponderou o professor Régis. “Além disso, o programa também procura refinar a maneira de escutar música, para assim refinar a música feita pelos alunos”, completou.
Não por acaso, ambos professores têm raízes no meio musical. Wilson, toca guitarra, baixo e teclado em quatro diferentes bandas, entre elas Willif e Vultos. Régis canta e toca piano, além de fazer parte da banda Companhia Papagalia.
Em parceria com o grupo de Teatro do Band, os alunos do iBand irão produzir ao final do ano a trilha sonora das peças que serão representadas, além de tocá-la ao vivo. O grupo também pretende se apresentar no meio do ano, antes das provas bimestrais.
Confira a galeria de imagens clicando aqui.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!