A importância da criatividade

Publicado em 15/05/13

Sempre visando dar um panorama completo do mercado de trabalho e das habilidades mais requisitadas em suas futuras vidas profissionais, o Band recebeu a visita e palestra de Alan Moraes, orientador de carreiras filiado ao REC (Rede de Economia Criativa) e ao IED (Instituto Europeu de Design). A palestra é parte do ciclo de apresentações organizadas pelo Departamento de Orientação Profissional durante o ano.

Alan Moraes e Prof. Roberto Nasser

Alan Moraes e Prof. Roberto Nasser


O principal foco da conversa com os alunos foi o conceito de Economia Criativa e a importância da criatividade para um futuro próspero em qualquer carreira; além da definição do que é aprendido no curso superior de Design.
O formato diferente da palestra, executada mais como conversa do que como exposição de conteúdo, chamou a atenção dos presentes e resultou numa participação dinâmica e divertida nas atividades propostas. O principal tema exposto, a Economia Criativa, definida por Alan como “tudo o que gera dinheiro em cima da criatividade”, interessou muito aos alunos.
“É um assunto que, em muitos casos, não é tão bem definido e os jovens acabam tendo muitas dúvidas em relação à área”, acredita Roberto Nasser, Coordenador de História, Filosofia e Orientação Profissional. “Com essa palestra pretendemos complementar o trabalho já feito diariamente no Colégio em relação à orientação profissional aos alunos” , completou.
Durante o bate-papo os alunos deveriam preencher um pequeno formulário levando em conta suas principais características (detalhista, criativo, sensível, etc.), para que, ao final, descobrissem seu “perfil” profissional e as principais áreas recomendadas a este conjunto de características.
“Eu já conhecia o Bandeirantes. O interesse em vir dar a palestra aqui veio de uma busca que fizemos pelas 100 escolas de excelência no ensino em São Paulo”, explicou Alan. “Os alunos foram ótimos: interessados, traziam comentários muito bons, muitos com um perfil criativo bastante interessante. A gente consegue perceber que é o Colégio que desperta isso e o por quê de estarmos aqui”, concluiu.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!