O Fronteiras do Pensamento é um ciclo de palestras que reúne grandes
pensadores da atualidade, com ideias limite que demonstram diferentes pontos de
vista. Este ano, o Band foi um dos patrocinadores e ofereceu aos professores e
funcionários a oportunidade de ir aos encontros. “O Fronteiras do Pensamento
aproxima o Colégio com o que há de mais moderno na reflexão de temas da
atualidade”, acredita o prof. Hubert Alquéres, vice-presidente do Bandeirantes.

fronteiras_do_pensamento

Com encontros circulando entre as mais diversas áreas do conhecimento, o Fronteiras do Pensamento tem o objetivo de propor ideias ao limite, oferecendo aos presentes a oportunidade de refletir e adquirir cada vez mais repertório. “O Fronteiras do Pensamento dialoga com o novo caminho que o Band está tomando. Nos permite pensar sobre diferentes perspectivas, formando melhores educadores”, contou o Diretor de Operações do Colégio, Eduardo Tambor Jr.

Dentre os encontros desse ano houve a presença dos pensadores Carlo Rovelli, Gilles Lipovetsky, Eduardo Gianetti, Amós Oz, Leonardo Padura, Thomas Piketty e Deirdre McClosky e, até o final de 2017, ainda contará com Niall Ferguson e Susan Pinker.

A Coordenadora de Língua Espanhola, Rosemeire da Silva, esteve presente no encontro com o escritor e jornalista cubano Leonardo Padura. Ela conta que, de forma poética, ele conversou com os presentes sobre a identidade de Cuba e suas questões políticas, temas de muitas das obras do pensador.

“Foi a oportunidade de uma vida. Padura nos fez rever conceitos e pensar. Eventos como esse acrescentam aspectos que não podemos ensinar com livros, muda nosso repertório e a forma como damos cada aula”, comentou ela.

Além disso, conversas como as presentes no Fronteiras do Pensamento permitem que o Colégio traga novas vozes para encontros no próprio Bandeirantes. Exemplo disso foi a vinda do renomado escritor moçambicano, Mia Couto, ao Band. Este se apresentou no Fronteiras do Pensamento neste ano em Salvador e, no Colégio, proporcionou um momento de reflexão para alunos e professores.

Para 2018, Tambor ainda garante que os professores e funcionários continuarão a ter a oportunidade de ir ao Fronteiras do Pensamento, se desenvolvendo cada vez mais.